Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Arroz de Pato…

Este é daqueles pratos que devoro, porque eu adoro! Feito com a ajuda da Bimby é qualquer coisa de maravilhoso porque fica realmente bem! Foi a minha primeira experiência… de muitas que se lhe seguirão Piscar de olho

IMG_6454

Ingredientes:

1 cebola
2 dentes de alho
30g azeite
200g vinho branco
2 caldos de galinha
1300g pato
1/2 chouriço de carne
125g bacon
água q.b.
400g arroz agulha
queijo ralado

Preparação:

1. Colocar no copo a cebola e os alhos, picar 5Seg./Vel.5. Juntar o azeite e refogar 5Min./Varoma/Vel.1

2. Adicionar o vinho, caldos, o pato partido em pedaços, o chouriço, o bacon e programar 30Min./Varoma/Inversa/Vel. colher.

IMG_6449

3. Retirar, reservar o molho e o chouriço. Desfiar a carne (pato e bacon), 12Seg./Vel.4/Inversa

IMG_6452

4. Cortar o chouriço em rodelas. Reservar.

IMG_6451

5. Pesar o molho reservado, acrescentar a diferença em água até atingir 800g. Inserir o cesto e pesar 400g arroz. cozer 20Min./100º/Vel.4. Terminado o tempo deixar estar o arroz mais cerca de 10Min. dentro do copo fechado.
6. Colocar o arroz num tabuleiro de barro, misturar as carnes, enfeitar com chouriço e polvilhar com o queijo.

IMG_6453

7. Levar ao forno para corar. Cerca de 15Min./200º

IMG_6454










Arroz de Pato…

Este é daqueles pratos que devoro, porque eu adoro! Feito com a ajuda da Bimby é qualquer coisa de maravilhoso porque fica realmente bem! Foi a minha primeira experiência… de muitas que se lhe seguirão Piscar de olho

IMG_6454

Ingredientes:

1 cebola
2 dentes de alho
30g azeite
200g vinho branco
2 caldos de galinha
1300g pato
1/2 chouriço de carne
125g bacon
água q.b.
400g arroz agulha
queijo ralado

Preparação:

1. Colocar no copo a cebola e os alhos, picar 5Seg./Vel.5. Juntar o azeite e refogar 5Min./Varoma/Vel.1

2. Adicionar o vinho, caldos, o pato partido em pedaços, o chouriço, o bacon e programar 30Min./Varoma/Inversa/Vel. colher.

IMG_6449

3. Retirar, reservar o molho e o chouriço. Desfiar a carne (pato e bacon), 12Seg./Vel.4/Inversa

IMG_6452

4. Cortar o chouriço em rodelas. Reservar.

IMG_6451

5. Pesar o molho reservado, acrescentar a diferença em água até atingir 800g. Inserir o cesto e pesar 400g arroz. cozer 20Min./100º/Vel.4. Terminado o tempo deixar estar o arroz mais cerca de 10Min. dentro do copo fechado.
6. Colocar o arroz num tabuleiro de barro, misturar as carnes, enfeitar com chouriço e polvilhar com o queijo.

IMG_6453

7. Levar ao forno para corar. Cerca de 15Min./200º

IMG_6454










Scones…para o meu 5 o’clock tea ;)

Quando penso em Scones associo imediatamente ao chá das 5 e questiono-me porque é que os ingleses levam tão à séria este ritual e qual a história em redor da criação da receita dos tão afamados pães rápidos.
De acordo com o Dicionário Webster, os Scones surgiram na Escócia no início do ano de 1500. Inicialmente, seriam feitos com farinha de aveia, moldados em formato redondo grande, cortados em pedaços triangulares e cozidos em pedras de assar. Hoje em dia, são feitos em vários formatos (redondos, triangulares, quadrados) e com vários sabores e junção de ingredientes.
Quanto à origem do nome, algumas pessoas acreditam que estará relacionado com a Pedra de Scone (Escócia), também chamada Pedra do Destino, que era um trono de pedra onde os reis escoceses se sentariam para serem coroados.
Em relação ao “Chá das 5”, foi introduzido na Europa pelos portugueses no século XVI. Conhecido como um hábito tipicamente britânico, este foi introduzido na corte inglesa por Catarina de Bragança, princesa portuguesa, filha de D. João IV, quando esta casou com Carlos III de Inglaterra.
O dote de Catarina foi determinante para o futuro imperial da Inglaterra e o chá iria mudar para sempre a vida dos seus súbditos, tornando-se um elemento indissociável da sua personalidade e da sua maneira de ser.
No entanto, só por volta do ano de 1830 é que esta tradição foi completamente implementada pelos ingleses, com a ajuda da Duquesa de Bedford, que considerava o “chá das cinco” uma oportunidade para exibir maravilhosas peças de porcelana e prata.
Mas, o que vocês querem mesmo é a receitinha, não é? Aqui está ela:
IMG_6467
Ingredientes:
250g farinha com fermento
30g manteiga
50g açúcar
100g leite
1 ovo
1 pitada de sal
Preparação:
1. Pré aquecer o forno a 180º.
2. Colocar no copo todos os ingredientes.
IMG_6455
3. Programar 15Seg./Vel.6
IMG_6456
4. Num tabuleiro, polvilhar com farinha, deita colheradas de massa.
IMG_6462
5. Levar ao forno cerca de 15Min.
IMG_6464
Sugestão: Servir com Chá e acompanhar com uma compota a gosto Piscar de olho

Scones…para o meu 5 o’clock tea ;)

Quando penso em Scones associo imediatamente ao chá das 5 e questiono-me porque é que os ingleses levam tão à séria este ritual e qual a história em redor da criação da receita dos tão afamados pães rápidos.
De acordo com o Dicionário Webster, os Scones surgiram na Escócia no início do ano de 1500. Inicialmente, seriam feitos com farinha de aveia, moldados em formato redondo grande, cortados em pedaços triangulares e cozidos em pedras de assar. Hoje em dia, são feitos em vários formatos (redondos, triangulares, quadrados) e com vários sabores e junção de ingredientes.
Quanto à origem do nome, algumas pessoas acreditam que estará relacionado com a Pedra de Scone (Escócia), também chamada Pedra do Destino, que era um trono de pedra onde os reis escoceses se sentariam para serem coroados.
Em relação ao “Chá das 5”, foi introduzido na Europa pelos portugueses no século XVI. Conhecido como um hábito tipicamente britânico, este foi introduzido na corte inglesa por Catarina de Bragança, princesa portuguesa, filha de D. João IV, quando esta casou com Carlos III de Inglaterra.
O dote de Catarina foi determinante para o futuro imperial da Inglaterra e o chá iria mudar para sempre a vida dos seus súbditos, tornando-se um elemento indissociável da sua personalidade e da sua maneira de ser.
No entanto, só por volta do ano de 1830 é que esta tradição foi completamente implementada pelos ingleses, com a ajuda da Duquesa de Bedford, que considerava o “chá das cinco” uma oportunidade para exibir maravilhosas peças de porcelana e prata.
Mas, o que vocês querem mesmo é a receitinha, não é? Aqui está ela:
IMG_6467
Ingredientes:
250g farinha com fermento
30g manteiga
50g açúcar
100g leite
1 ovo
1 pitada de sal
Preparação:
1. Pré aquecer o forno a 180º.
2. Colocar no copo todos os ingredientes.
IMG_6455
3. Programar 15Seg./Vel.6
IMG_6456
4. Num tabuleiro, polvilhar com farinha, deita colheradas de massa.
IMG_6462
5. Levar ao forno cerca de 15Min.
IMG_6464
Sugestão: Servir com Chá e acompanhar com uma compota a gosto Piscar de olho

Parabéns, Bimby…1 ano, cá em casa <3

Faz precisamente 1 ano que chegou cá a casa a minha amiga Bimby e eu não podia deixar passar esta data importante para nós. O gosto pela cozinha já cá estava, mas com a vinda desta parceira o gosto aumentou.

Somos uma dupla inseparável e imbatível, na minha cozinha, claro está!

Graças à minha Bimby, também tive direito a prenda no meu aniversário e hoje partilho com todos vós, que me seguem essa mesma prenda. A minha família (marido e filhas) ofereceram-me o grau de Chef, com uma Jaleca colour personalizada. Eles dizem que eu mereço e eu acredito!
Parabéns, Bimby! <3

Porque…

"Cozinhar é o mais privado e arriscado acto.
Cozinhar é um modo de amar os outros."
- Mia Couto

2014-07-08 11.12.36

Parabéns, Bimby…1 ano, cá em casa <3

Faz precisamente 1 ano que chegou cá a casa a minha amiga Bimby e eu não podia deixar passar esta data importante para nós. O gosto pela cozinha já cá estava, mas com a vinda desta parceira o gosto aumentou.

Somos uma dupla inseparável e imbatível, na minha cozinha, claro está!

Graças à minha Bimby, também tive direito a prenda no meu aniversário e hoje partilho com todos vós, que me seguem essa mesma prenda. A minha família (marido e filhas) ofereceram-me o grau de Chef, com uma Jaleca colour personalizada. Eles dizem que eu mereço e eu acredito!
Parabéns, Bimby! <3

Porque…

"Cozinhar é o mais privado e arriscado acto.
Cozinhar é um modo de amar os outros."
- Mia Couto

2014-07-08 11.12.36