Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Pipocas: gostam ou não? Doces ou salgadas?

Doces ou salgadas, quem gosta, gosta. São viciantes e saborosas. Perfeitas para quando vemos um filme ou simplesmente porque apetecem. Podem ser feitas no tacho ou no micro-ondas e também com a ajuda da Bimby, claro está!
Um dia destes, vi uma publicação da Vera Sofia, uma minha seguidora, à qual agradeço desde já por ter feito esta partilha, acerca destas e fiquei logo com vontade de experimentar. Anotei a receita e ontem experimentei. Adorei e ficaram tal e qual aquelas que costumo comprar quando vou ao cinema, como aquelas que vendem nas feirinhas e festinhas da aldeia.
A Bimby, neste caso foi usada para fazer o preparado que vai fazer estalar o milho. Eu sei, eu sei o que já estão a pensar: “Então a Bimby, não faz as pipocas!” E eu respondo: Como não faz na totalidade tantas outras receitas. Ela é um robot de cozinha que nos auxilia na execução de muitas iguarias e bem! Quantas receitas existem em que preparamos o essencial na Bimby e as vamos terminar no forno, por exemplo? Relativamente, ás pipocas é semelhante. Fiz o preparado na Bimby de forma mais fácil, sem qualquer tipo de preocupação e depois finalizei no tacho, onde o milho pode saltitar livremente Piscar de olho
2014-11-05 21.04.08
Ingredientes:
5c. sopa de açúcar
5c. sopa de óleo
5c. de sopa de água
gotas de corante (opcional)
4c. de sopa de milho
Preparação:
1. Colocar no copo todos os ingredientes, excepto o milho e programar 5Min./Varoma/Vel. 2
2014-11-05 20.40.55
2. Transferir o preparado para um tacho, o qual já deve estar quente e adicionar 4c. de sopa de milho. Esperar pelo Pum Pum Pum e fazer a festa Sorriso rasgado
2014-11-05 21.08.10

Pipocas: gostam ou não? Doces ou salgadas?

Doces ou salgadas, quem gosta, gosta. São viciantes e saborosas. Perfeitas para quando vemos um filme ou simplesmente porque apetecem. Podem ser feitas no tacho ou no micro-ondas e também com a ajuda da Bimby, claro está!
Um dia destes, vi uma publicação da Vera Sofia, uma minha seguidora, à qual agradeço desde já por ter feito esta partilha, acerca destas e fiquei logo com vontade de experimentar. Anotei a receita e ontem experimentei. Adorei e ficaram tal e qual aquelas que costumo comprar quando vou ao cinema, como aquelas que vendem nas feirinhas e festinhas da aldeia.
A Bimby, neste caso foi usada para fazer o preparado que vai fazer estalar o milho. Eu sei, eu sei o que já estão a pensar: “Então a Bimby, não faz as pipocas!” E eu respondo: Como não faz na totalidade tantas outras receitas. Ela é um robot de cozinha que nos auxilia na execução de muitas iguarias e bem! Quantas receitas existem em que preparamos o essencial na Bimby e as vamos terminar no forno, por exemplo? Relativamente, ás pipocas é semelhante. Fiz o preparado na Bimby de forma mais fácil, sem qualquer tipo de preocupação e depois finalizei no tacho, onde o milho pode saltitar livremente Piscar de olho
2014-11-05 21.04.08
Ingredientes:
5c. sopa de açúcar
5c. sopa de óleo
5c. de sopa de água
gotas de corante (opcional)
4c. de sopa de milho
Preparação:
1. Colocar no copo todos os ingredientes, excepto o milho e programar 5Min./Varoma/Vel. 2
2014-11-05 20.40.55
2. Transferir o preparado para um tacho, o qual já deve estar quente e adicionar 4c. de sopa de milho. Esperar pelo Pum Pum Pum e fazer a festa Sorriso rasgado
2014-11-05 21.08.10

Bolo de Avelã e Chocolate…

Por vezes, abrimos as gavetas, frigorífico ou os armários e damos conta que temos ingredientes quase a chegar ao limite do prazo de validade. Por outro lado, temos outros que queremos aproveitar de outras receitas. Juntei estas duas opções e saiu este bolinho feito no micro-ondas. Eu sei, eu sei…não se deve fazer, mas ás vezes o tempo não dá para tudo e queremos assim um bem rápido. Rapidez é: Bimby + micro-ondas. E lá saiu este bolinho que está maravilhoso, modéstia á parte Namoriscar-masculino
2014-11-04 17.46.27
Ingredientes:
125g chocolate de leite
25g de avelãs
1 iogurte natural
1 ovo
3 claras
250g farinha com fermento
200g açúcar
250 leite
Preparação:
1. Colocar o chocolate aos pedaços e as avelãs. Triturar progressivamente 15Seg./Vel.3-5-7
2014-11-04 16.42.19
2. Colocar os restantes ingredientes 1Min./Vel.4
2014-11-04 16.48.06
3. Deitar o preparado numa forma adequada para micro-ondas, untada com manteiga. Tapar com folha aderente. Programar 12 Min. na temperatura máxima. O meu tem 800W de potência. Adaptem aos vossos se for diferente: aumentando se for inferior, diminuindo se for superior Piscar de olho
Fica muito fofinho e pode ser recheado se assim o desejarem. Eu não o fiz e está maravilhoso!
2014-11-04 17.45.21
Etiquetas Technorati: Bolos

Bolo de Avelã e Chocolate…

Por vezes, abrimos as gavetas, frigorífico ou os armários e damos conta que temos ingredientes quase a chegar ao limite do prazo de validade. Por outro lado, temos outros que queremos aproveitar de outras receitas. Juntei estas duas opções e saiu este bolinho feito no micro-ondas. Eu sei, eu sei…não se deve fazer, mas ás vezes o tempo não dá para tudo e queremos assim um bem rápido. Rapidez é: Bimby + micro-ondas. E lá saiu este bolinho que está maravilhoso, modéstia á parte Namoriscar-masculino
2014-11-04 17.46.27
Ingredientes:
125g chocolate de leite
25g de avelãs
1 iogurte natural
1 ovo
3 claras
250g farinha com fermento
200g açúcar
250 leite
Preparação:
1. Colocar o chocolate aos pedaços e as avelãs. Triturar progressivamente 15Seg./Vel.3-5-7
2014-11-04 16.42.19
2. Colocar os restantes ingredientes 1Min./Vel.4
2014-11-04 16.48.06
3. Deitar o preparado numa forma adequada para micro-ondas, untada com manteiga. Tapar com folha aderente. Programar 12 Min. na temperatura máxima. O meu tem 800W de potência. Adaptem aos vossos se for diferente: aumentando se for inferior, diminuindo se for superior Piscar de olho
Fica muito fofinho e pode ser recheado se assim o desejarem. Eu não o fiz e está maravilhoso!
2014-11-04 17.45.21
Etiquetas Technorati: Bolos

Rolinhos de Peixe recheados com Molho Holandês…

Um prato de peixe é hoje a minha sugestão.
Por vezes uma ideia diferente, faz toda a diferença, vou fazer mais vezes e com recheios diferentes. Fiquei fã!
2014-11-04 12.45.08

Ingredientes:
Para os Rolinhos:
4 Filetes de peixe, generosos para que não fiquem secos
Fatias de bacon
Queijo ralado
Cenoura ralada
Esparregado ( cubinhos que tinha congelado em cuvetes)
Para o Molho Holandês:
4 gemas
50g água
130g manteiga
1/2 colher de chá de sal
Pimenta moída
Sumo de 1/2 limão
Preparação do Molho:
1. Colocar todos os ingredientes no copo e programar 4Min./70º/Vel.4

2014-11-04 12.12.552014-11-04 12.18.06

Preparação dos Rolinhos:
1. Temperar os filetes com sal, alho em pó e sumo de limão. Reservar cerca de 2h.
2. Colocar 2 fatias de bacon e em cima destas colocar o filete. Rechear com queijo ralado, cenoura ralada e desfazer um cubo de esparregado. Enrolar e prender com 2 palitos, colocando a parte das pontas viradas para baixo.
2014-11-04 11.40.502014-11-04 11.41.41

3. Descascar batatas em pequenos cubos e temperar para assar, pouco sal, pois os filetes irão libertar suco e como tem o bacon… quase que nem é necessário o sal. Colocar numa assadeira e levar ao forno cerca de 15Min./200º ou até começarem a ganhar cor para quem usar o forno tradicional. Usei o meu forno de convecção, com o anel extensor inserido, mas podem fazer da mesma forma no forno tradicional.
2014-11-04 11.52.17

4. Colocar em cima das batatas, os rolinhos de peixe recheados e programar cerca de 20Min./200º

2014-11-04 11.55.102014-11-04 11.55.16

5. Servir os Rolinhos recheados acompanhados pelas batatas e o molho que fica com uma cor amarelinha e com a mesma textura de uma maionese. Delicioso. Depois de frio e se sobrar, colocar num frasco de vidro e guardar no frigorífico. Pode ser usado para acompanhar legumes.
2014-11-04 12.25.50

Rolinhos de Peixe recheados com Molho Holandês…

Um prato de peixe é hoje a minha sugestão. Por vezes uma ideia diferente, faz toda a diferença, vou fazer mais vezes e com recheios diferentes. Fiquei fã!
2014-11-04 12.45.08
Ingredientes:
Para os Rolinhos:
4 Filetes de peixe, generosos para que não fiquem secos
Fatias de bacon
Queijo ralado
Cenoura ralada
Esparregado ( cubinhos que tinha congelado em cuvetes)
Para o Molho Holandês:
4 gemas
50g água
130g manteiga
1/2 colher de chá de sal
Pimenta moída
Sumo de 1/2 limão
Preparação do Molho:
1. Colocar todos os ingredientes no copo e programar 4Min./70º/Vel.4
2014-11-04 12.12.552014-11-04 12.18.06
Preparação dos Rolinhos:
1. Temperar os filetes com sal, alho em pó e sumo de limão. Reservar cerca de 2h.
2. Colocar 2 fatias de bacon e em cima destas colocar o filete. Rechear com queijo ralado, cenoura ralada e desfazer um cubo de esparregado. Enrolar e prender com 2 palitos, colocando a parte das pontas viradas para baixo.
2014-11-04 11.40.502014-11-04 11.41.41
3. Descascar batatas em pequenos cubos e temperar para assar, pouco sal, pois os filetes irão libertar suco e como tem o bacon… quase que nem é necessário o sal. Colocar numa assadeira e levar ao forno cerca de 15Min./200º ou até começarem a ganhar cor para quem usar o forno tradicional. Usei o meu forno de convecção, com o anel extensor inserido, mas podem fazer da mesma forma no forno tradicional.
2014-11-04 11.52.17
4. Colocar em cima das batatas, os rolinhos de peixe recheados e programar cerca de 20Min./200º
2014-11-04 11.55.102014-11-04 11.55.16
5. Servir os Rolinhos recheados acompanhados pelas batatas e o molho que fica com uma cor amarelinha e com a mesma textura de uma maionese. Delicioso. Depois de frio e se sobrar, colocar num frasco de vidro e guardar no frigorífico. Pode ser usado para acompanhar legumes Piscar de olho
2014-11-04 12.25.50
Etiquetas Technorati: Peixe,Acompanhamentos

Papas de milho…

Já tinha ali a farinha há uns tempos no armário, mas ontem e hoje… a saudade está a tomar conta de mim…queria voltar atrás no tempo, ter comigo a minha Avó. As minhas memórias de infância são quase todas ao lado dela e estas papinhas foram comidas tantas e tantas vezes com ela e feitas por ela, depois pela minha mãe e agora feitas por mim. Não resisti e fiz, por momentos senti-me pequenina de novo.
Ela partiu há 19 meses, mas um dia vamo-nos reencontrar…hoje a minha avó foi a minha inspiração… Coração vermelho
2014-11-02 12.33.24
Ingredientes:
500g de leite
60g de Sêmola de Milho
50g açúcar
casca do limão
canela em pó para polvilhar
Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes no copo 8Min./90º/Vel 2.
2014-11-01 19.54.312014-11-01 19.55.10
2. Retirar a casca do limão, deitar num prato, deixar arrefecer um pouco e polvilhar com canela.
2014-11-02 12.32.50

Papas de milho…

Já tinha ali a farinha há uns tempos no armário, mas ontem e hoje… a saudade está a tomar conta de mim…queria voltar atrás no tempo, ter comigo a minha Avó. As minhas memórias de infância são quase todas ao lado dela e estas papinhas foram comidas tantas e tantas vezes com ela e feitas por ela, depois pela minha mãe e agora feitas por mim. Não resisti e fiz, por momentos senti-me pequenina de novo.
Ela partiu há 19 meses, mas um dia vamo-nos reencontrar…hoje a minha avó foi a minha inspiração… Coração vermelho
2014-11-02 12.33.24
Ingredientes:
500g de leite
60g de Sêmola de Milho
50g açúcar
casca do limão
canela em pó para polvilhar
Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes no copo 8Min./90º/Vel 2.
2014-11-01 19.54.312014-11-01 19.55.10
2. Retirar a casca do limão, deitar num prato, deixar arrefecer um pouco e polvilhar com canela.
2014-11-02 12.32.50

Biscoitos coloridos…

Os biscoitos, a partir do século 7 a.C., no império persa, passam a ser confeccionados de forma profissional, mas até aqui estes eram feitos de uma forma bem rudimentar. Os grãos utilizados eram triturados com os dentes, só depois adicionada a água e cozidos no lume.
Na época dos Descobrimentos Portugueses, os biscoitos eram um pão de farinha de trigo, de forma achatada, cozido no forno duas, três ou mais vezes, de modo a assegurar-lhes a durabilidade das suas qualidades alimentares durante muito tempo. E deviam ser bem duros, pois com 3 cozeduras ou mais… Chegou a ser tal, a procura de biscoito para aprovisionar as armadas dos navios que houve a necessidade de importá-los de Espanha.
O padre Raphael Bluteau na sua obra “Vocabulário português e latino”, chama-lhe mesmo “pão do mar” ou "pão namor".
Em 1498, a ração de biscoito, por cada tripulante era de 28 arráteis por mês (o arrátel equivale a 459 gramas) o que dá um pouco mais de 12 quilos, isto é, 428 gramas por dia. Sabichão
2014-10-31 21.56.22
Hoje, para comemorar os 3.000 Likes na minha página de facebook decidi colorir os meus biscoitos preferidos. Adoro este tipo de biscoitos caseiros. São muito fáceis de fazer e deliciosos. Normalmente, faço apenas uma fornada, mas a verdade é que desaparecem quase de imediato! Portanto, já que o forno estava ligado e rentabilizando a energia que iria gastar fiz 4 fornadas, 2 tabuleiros de cada cor. Cada tabuleiro leva 40 biscoitos, multiplicando por 2= 80x4= 320 biscoitinhos em apenas 1H Apaixonado
Contentes e alegres, ficaram as crianças que ontem vieram tocar á campainha cá de casa. Vestidas de bruxinhas ou monstrinhos ficavam encantadas quando lhes oferecia os saquinhos dos biscoitos coloridos Sorriso Sim, porque gomas, chocolates e afins eu não ofereci! E lá iam rua abaixo ou acima todos contentes com os presentinhos de Halloween Fantasma
As receitas base que usei foram as seguintes:
Biscoitos de chocolate, os primeiros a serem feitos e os que demoraram mais tempo, cerca de 17-20M: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/05/biscoitos-de-chocolate.html
A estes seguiram-se todos os outros e em menos tempo, porque depois do forno estar quente é só tirar e colocar mais, repetindo as vezes que quisermos. A receita dos rosa, azuis e verdes foi esta: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/05/biscoitos-de-limao.html
Para lhes dar o tom mimoso que eu pretendia, adicionei em cada preparado 2 c. café de corante alimentar. O corante foi adicionado ao mesmo tempo que os ingredientes necessários.
2014-11-01 08.32.07

Etiquetas Technorati: Biscoitos

Biscoitos coloridos…

Os biscoitos, a partir do século 7 a.C., no império persa, passam a ser confeccionados de forma profissional, mas até aqui estes eram feitos de uma forma bem rudimentar. Os grãos utilizados eram triturados com os dentes, só depois adicionada a água e cozidos no lume.
Na época dos Descobrimentos Portugueses, os biscoitos eram um pão de farinha de trigo, de forma achatada, cozido no forno duas, três ou mais vezes, de modo a assegurar-lhes a durabilidade das suas qualidades alimentares durante muito tempo. E deviam ser bem duros, pois com 3 cozeduras ou mais… Chegou a ser tal, a procura de biscoito para aprovisionar as armadas dos navios que houve a necessidade de importá-los de Espanha.
O padre Raphael Bluteau na sua obra “Vocabulário português e latino”, chama-lhe mesmo “pão do mar” ou "pão namor".
Em 1498, a ração de biscoito, por cada tripulante era de 28 arráteis por mês (o arrátel equivale a 459 gramas) o que dá um pouco mais de 12 quilos, isto é, 428 gramas por dia. Sabichão
2014-10-31 21.56.22
Hoje, para comemorar os 3.000 Likes na minha página de facebook decidi colorir os meus biscoitos preferidos. Adoro este tipo de biscoitos caseiros. São muito fáceis de fazer e deliciosos. Normalmente, faço apenas uma fornada, mas a verdade é que desaparecem quase de imediato! Portanto, já que o forno estava ligado e rentabilizando a energia que iria gastar fiz 4 fornadas, 2 tabuleiros de cada cor. Cada tabuleiro leva 40 biscoitos, multiplicando por 2= 80x4= 320 biscoitinhos em apenas 1H Apaixonado
Contentes e alegres, ficaram as crianças que ontem vieram tocar á campainha cá de casa. Vestidas de bruxinhas ou monstrinhos ficavam encantadas quando lhes oferecia os saquinhos dos biscoitos coloridos Sorriso Sim, porque gomas, chocolates e afins eu não ofereci! E lá iam rua abaixo ou acima todos contentes com os presentinhos de Halloween Fantasma
As receitas base que usei foram as seguintes:
Biscoitos de chocolate, os primeiros a serem feitos e os que demoraram mais tempo, cerca de 17-20M: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/05/biscoitos-de-chocolate.html
A estes seguiram-se todos os outros e em menos tempo, porque depois do forno estar quente é só tirar e colocar mais, repetindo as vezes que quisermos. A receita dos rosa, azuis e verdes foi esta: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/05/biscoitos-de-limao.html
Para lhes dar o tom mimoso que eu pretendia, adicionei em cada preparado 2 c. café de corante alimentar. O corante foi adicionado ao mesmo tempo que os ingredientes necessários.
2014-11-01 08.32.07

Etiquetas Technorati: Biscoitos

Pág. 3/3