Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Quadrados de chocolate…

Existem dias em que não temos um docinho feito, está quase na hora do lanche, tocam à nossa campainha, mas não estamos à espera de ninguém e…” Surpresa, viemos lanchar!”
Gosto, claro que gosto que me venham visitar, mas detesto quando não tenho algo para partilhar! Algo docinho, quero eu dizer ;)
Não tenho? Ora essa, faço na hora, com o olhar atento e curioso dos amigos.
E… sim, existem receitas que nunca nos falham, que são rápidas de fazer, deliciosas e no final ainda ouvimos: “ Que maravilha de bolo!”
Existe maior recompensa do que o elogio dos convidados surpresa?

A minha Bimby é mesmo a minha aliada! ;)

2015-03-14 13.59.57

Ingredientes:

250g açúcar
250g manteiga
4 ovos
250g chocolate de culinária
250g farinha

Preparação:

1. Pré aquecer o forno a 200º.
2. Deitar no copo o açúcar, a manteiga e os ovos. Programar 5Min./70º/Vel.4

2015-02-19 10.45.40
3. Adicionar o chocolate partido aos pedaços e deixar amaciar uns segundos.
Bater 20Seg./Vel.6

2015-02-19 10.46.14
4. Juntar a farinha. 10Seg./Vel.6

2015-02-19 10.47.46
5. Forrar um tabuleiro rectangular com papel vegetal.
Verter o preparado e levar ao forno cerca de 20Min.
Este bolo deverá ficar húmido no meio, mas como me distraí na conversa…deixei mais alguns minutos e ficou mais cozidinho.
Perfeito na mesma, portanto tenham atenção ao que pretendem obter: 20Min. para ficar mais húmido, mais alguns minutos para um bolo mais cozido.
Fica a vosso critério ;)
6. Desenformar e cortar em quadrados.

2015-03-14 12.52.10

7. Polvilhar com um pouco de açúcar em pó.
Servir simples, acompanhado com um chá ou com uma bola de gelado.

Marcas Technorati: Quadrados de chocolate













Quadrados de chocolate…

Existem dias em que não temos um docinho feito, está quase na hora do lanche, tocam à nossa campainha, mas não estamos à espera de ninguém e…” Surpresa, viemos lanchar!”
Gosto, claro que gosto que me venham visitar, mas detesto quando não tenho algo para partilhar! Algo docinho, quero eu dizer ;)
Não tenho? Ora essa, faço na hora, com o olhar atento e curioso dos amigos.
E… sim, existem receitas que nunca nos falham, que são rápidas de fazer, deliciosas e no final ainda ouvimos: “ Que maravilha de bolo!”
Existe maior recompensa do que o elogio dos convidados surpresa?

A minha Bimby é mesmo a minha aliada! ;)

2015-03-14 13.59.57

Ingredientes:

250g açúcar
250g manteiga
4 ovos
250g chocolate de culinária
250g farinha

Preparação:

1. Pré aquecer o forno a 200º.
2. Deitar no copo o açúcar, a manteiga e os ovos. Programar 5Min./70º/Vel.4

2015-02-19 10.45.40
3. Adicionar o chocolate partido aos pedaços e deixar amaciar uns segundos.
Bater 20Seg./Vel.6

2015-02-19 10.46.14
4. Juntar a farinha. 10Seg./Vel.6

2015-02-19 10.47.46
5. Forrar um tabuleiro rectangular com papel vegetal.
Verter o preparado e levar ao forno cerca de 20Min.
Este bolo deverá ficar húmido no meio, mas como me distraí na conversa…deixei mais alguns minutos e ficou mais cozidinho.
Perfeito na mesma, portanto tenham atenção ao que pretendem obter: 20Min. para ficar mais húmido, mais alguns minutos para um bolo mais cozido.
Fica a vosso critério ;)
6. Desenformar e cortar em quadrados.

2015-03-14 12.52.10

7. Polvilhar com um pouco de açúcar em pó.
Servir simples, acompanhado com um chá ou com uma bola de gelado.

Marcas Technorati: Quadrados de chocolate













Croissants…

Esta receita alemã, chegou-me pelas mãos da Susana Faria, uma portuguesa de Ermesinde a viver em Estugarda.
Assim, que vi as imagens dos croissants dela e tive acesso à receita (que foi hoje mesmo, logo pela manhã) não hesitei um segundo em meter a mão na massa.
Ainda todos dormiam cá em casa, excepto eu…a madrugadora de serviço :D
Na calmaria da minha cozinha, com o chilrear dos passarinhos lá fora que ouvia pelas janelas entreabertas e o sol que ia espreitando por entre as nuvens… foi o cenário perfeito para a execução desta pequena maravilha.

Os croissants costumam ser feitos com massa folhada, mas não é o caso. Mesmo não sendo, a forma como são feitos, dá mesmo a sensação que a massa até o poderia ser. Feita em camadas pinceladas com manteiga derretida dá origem a uma massa perfeita.

O segredo do croissant está na massa, que deve ser semi-folhada, pois possui menos gorduras, menos dobras e leva fermento.
As dobras são responsáveis pela separação da massa e das camadas de gordura da manteiga derretida que proporcionam a "folhagem" do croissant.

Um bom croissant deve ter um bom aspecto, como uma lua em quarto crescente, com uma crosta crocante e uma bela cor dourada. As pontas devem estar descoladas do meio, e o miolo deve ser alvo, areado e mostrar a consistência certa.
E estes possuem todas estas características!

Afirmo que são muito melhores do que alguns que já comi por aí em algumas pastelarias!

Muito fáceis de fazer e o resultado final, fala por si!

Obrigada, Susana ;)

2015-05-02 14.19.13

Ingredientes:

500g farinha T65
20g fermento fresco de padeiro OU 11g de fermento em pó (Fermipan)
1c. chá de sal grosso
1 gema
250ml de leite
1c. sopa óleo de girassol
1c. sopa de açúcar
2c. sopa de iogurte natural
2 gemas para pincelar
1c. sopa de manteiga derretida para pincelar a massa

Preparação:

1. No copo da Bimby, colocar o leite, o fermento, o sal e o açúcar. Programar 2Min./37º./Vel.1

2015-05-02 08.54.48

2. Adicionar os restantes ingredientes. Programar 5Min./Vel. Espiga

2015-05-02 09.02.43 2015-05-02 09.03.34

3. Numa superfície polvilhada com farinha, verter a massa e formar uma bola.

2015-05-02 09.09.47 2015-05-02 09.12.30

4. Dividir a massa em 5 partes iguais.

2015-05-02 09.14.19

5. Derreter a manteiga no microondas.
Com a ajuda do rolo da massa, estender a massa dando-lhe a forma arredondada, obtendo o tamanho de um prato.
Pincelar com a manteiga e repetir o processo para as restantes bolas.
Colocar os círculos, uns em cima dos outros. O último não se pincela.

2015-05-02 09.17.48 2015-05-02 09.23.39

6. Depois dos 5 círculos estendidos, com a ajuda do rolo da massa, esticar novamente a massa.
Obtendo desta forma o tamanho de uma pizza GIGANTE :)

2015-05-02 09.26.55

7. Com a ajuda do cortador de pizza, dividir a massa em 16 partes iguais, se quiserem croissants pequenos.
Se gostarem maiores, dividir em 8-10 ou 12.

2015-05-02 09.28.49 2015-05-02 09.28.57

8. Enrolar cada uma das partes, para formar o croissant.
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Devem deixar espaço entre eles pois vão levedar e aumentar para o dobro do tamanho.

2015-05-02 09.30.14 2015-05-02 09.30.22

2015-05-02 09.34.54 2015-05-02 09.34.25

9. Colocar os tabuleiros dentro do forno desligado e deixar levedar durante 1h30Min.

2015-05-02 11.13.02 2015-05-02 11.13.09

10. Depois de levedados, pré-aquecer o forno a 200º, ventilado (se tiverem esta opção).
Pincelar os croissants com as gemas.

2015-05-02 11.20.11  

11. Levar ao forno cerca de 15Min.
Retirar e deixar arrefecer na grelha.

2015-05-02 11.33.53 2015-05-02 11.48.27

12. Depois de frios é só rechearem a vosso gosto, com queijo e fiambre, com compotas ou até mesmo simples…são maravilhosos!

2015-05-02 14.22.35 2015-05-02 14.23.33

IMG_20150502_142345 IMG_20150502_142502

Marcas Technorati: Croissants














Croissants…

Esta receita alemã, chegou-me pelas mãos da Susana Faria, uma portuguesa de Ermesinde a viver em Estugarda.
Assim, que vi as imagens dos croissants dela e tive acesso à receita (que foi hoje mesmo, logo pela manhã) não hesitei um segundo em meter a mão na massa.
Ainda todos dormiam cá em casa, excepto eu…a madrugadora de serviço :D
Na calmaria da minha cozinha, com o chilrear dos passarinhos lá fora que ouvia pelas janelas entreabertas e o sol que ia espreitando por entre as nuvens… foi o cenário perfeito para a execução desta pequena maravilha.

Os croissants costumam ser feitos com massa folhada, mas não é o caso. Mesmo não sendo, a forma como são feitos, dá mesmo a sensação que a massa até o poderia ser. Feita em camadas pinceladas com manteiga derretida dá origem a uma massa perfeita.

O segredo do croissant está na massa, que deve ser semi-folhada, pois possui menos gorduras, menos dobras e leva fermento.
As dobras são responsáveis pela separação da massa e das camadas de gordura da manteiga derretida que proporcionam a "folhagem" do croissant.

Um bom croissant deve ter um bom aspecto, como uma lua em quarto crescente, com uma crosta crocante e uma bela cor dourada. As pontas devem estar descoladas do meio, e o miolo deve ser alvo, areado e mostrar a consistência certa.
E estes possuem todas estas características!

Afirmo que são muito melhores do que alguns que já comi por aí em algumas pastelarias!

Muito fáceis de fazer e o resultado final, fala por si!

Obrigada, Susana ;)

2015-05-02 14.19.13

Ingredientes:

500g farinha T65
20g fermento fresco de padeiro OU 11g de fermento em pó (Fermipan)
1c. chá de sal grosso
1 gema
250ml de leite
1c. sopa óleo de girassol
1c. sopa de açúcar
2c. sopa de iogurte natural
2 gemas para pincelar
1c. sopa de manteiga derretida para pincelar a massa

Preparação:

1. No copo da Bimby, colocar o leite, o fermento, o sal e o açúcar. Programar 2Min./37º./Vel.1

2015-05-02 08.54.48

2. Adicionar os restantes ingredientes. Programar 5Min./Vel. Espiga

2015-05-02 09.02.43 2015-05-02 09.03.34

3. Numa superfície polvilhada com farinha, verter a massa e formar uma bola.

2015-05-02 09.09.47 2015-05-02 09.12.30

4. Dividir a massa em 5 partes iguais.

2015-05-02 09.14.19

5. Derreter a manteiga no microondas.
Com a ajuda do rolo da massa, estender a massa dando-lhe a forma arredondada, obtendo o tamanho de um prato.
Pincelar com a manteiga e repetir o processo para as restantes bolas.
Colocar os círculos, uns em cima dos outros. O último não se pincela.

2015-05-02 09.17.48 2015-05-02 09.23.39

6. Depois dos 5 círculos estendidos, com a ajuda do rolo da massa, esticar novamente a massa.
Obtendo desta forma o tamanho de uma pizza GIGANTE :)

2015-05-02 09.26.55

7. Com a ajuda do cortador de pizza, dividir a massa em 16 partes iguais, se quiserem croissants pequenos.
Se gostarem maiores, dividir em 8-10 ou 12.

2015-05-02 09.28.49 2015-05-02 09.28.57

8. Enrolar cada uma das partes, para formar o croissant.
Colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Devem deixar espaço entre eles pois vão levedar e aumentar para o dobro do tamanho.

2015-05-02 09.30.14 2015-05-02 09.30.22

2015-05-02 09.34.54 2015-05-02 09.34.25

9. Colocar os tabuleiros dentro do forno desligado e deixar levedar durante 1h30Min.

2015-05-02 11.13.02 2015-05-02 11.13.09

10. Depois de levedados, pré-aquecer o forno a 200º, ventilado (se tiverem esta opção).
Pincelar os croissants com as gemas.

2015-05-02 11.20.11  

11. Levar ao forno cerca de 15Min.
Retirar e deixar arrefecer na grelha.

2015-05-02 11.33.53 2015-05-02 11.48.27

12. Depois de frios é só rechearem a vosso gosto, com queijo e fiambre, com compotas ou até mesmo simples…são maravilhosos!

2015-05-02 14.22.35 2015-05-02 14.23.33

IMG_20150502_142345 IMG_20150502_142502

Marcas Technorati: Croissants














Queijo fresco, fresquinho…

Durante anos, o queijo fresco foi considerado como sendo um dos “parentes pobres” dos queijos, mas a opinião acerca dele mudou. Hoje o queijo fresco atingiu um estatuto que o coloca na lista dos principais componentes de uma alimentação saudável.
Rico em proteínas, cálcio, fósforo e vitaminas (dos complexos A, B e D), o seu consumo é recomendado a quem está em dieta, mas também a todos aqueles que procuram moderar o consumo de gordura na sua alimentação e que é uma alternativa mais saudável aos queijos maturados. É por isso cada vez maior a oferta de produtos no mercado e também crescente a variedade de utilizações que o queijo fresco pode ter na nossa alimentação diária, nas refeições mais simples, às mais sofisticadas e criativas.
Este queijo que não sofre maturação e resulta da coagulação do leite graças à adição de coalho.
Os queijos frescos são mais magros, pouco calóricos e menos gordurosos, daí que sejam hoje uma opção cada vez mais habitual para quem não quer deixar incluir o queijo na alimentação diária, mas quer restringir os níveis de gordura que ingere.
O queijo fresco tradicional é um produto que se encontra com frequência nas casas portuguesas. Com o seu sabor suave a sua textura macia e aveludada, é versátil e presta-se a uma série de utilizações.
É um queijo ideal para pequenos-almoços ou lanches e acompanha bem com qualquer tipo de pão, tostas ou bolachas salgadas e, com a chegada do tempo mais quente, torna-se num dos acompanhamentos de eleição para uma refeição mais leve e refrescante.
É também ideal para desportistas, pois tem proteínas de absorção lenta que ajudam o corpo a recuperar do esforço físico, como cá em casa há um desportista, o queijo fresco está muitas vezes presente na nossa mesa!
PhotoGrid_1430395338440
A receita já aqui está no blog (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/07/queijo-fresco.html), mas desta vez mudei o leite que usei, substitui o leite de marca Mimosa meio gordo por leite Gresso, meio gordo.
Com o primeiro, o queijo ficou com uma textura boa, mas mais parecida com o requeijão. Com o leite Gresso, ficou mais firme. Confesso que gostei mais desta consistência!
Ingredientes:
1L leite meio gordo Gresso
100g leite em pó, gordo Nido
1 colher de chá de Sal grosso
30 gotas de coalho líquido
Preparação:
1. Colocar no copo o leite, o leite em pó e o sal e programar 5Min./37°/Vel.4.
Deitar 30 gotas de coalho líquido. Programar 30Seg./Vel.4
2. Deixar repousar no copo da Bimby fechado 30Min. para ganhar consistência.
Passado este tempo, abrir o copo e com a ajuda de uma faca fazer uma quadrícula com 1cm de largura e chegar com a faca ao fundo do copo, para que o soro se solte melhor.
Deixar descansar mais 30Min. com o copo sempre fechado.
2015-04-28 11.25.29 
3. Com a ajuda de uma colher de sopa, colocar delicadamente o queijo no cesto da Bimby.
De seguida, colocar o cesto sob um Tupperware com rede ou prato fundo para que o soro escorra e levar ao frigorífico.
4. Deixar repousar durante 2 DIAS no frigorífico. Sei que pode parecer uma eternidade, mas o resultado final vale muito a pena.
O soro que vai sendo libertado, durante o processo, verta-o para um frasco de vidro ou um Tupperware, mantenha-o no frigorífico.
5. Passados os 2 dias, desenformar.
2015-04-30 12.55.49
6. Este maravilhoso queijo fresco, acompanha bem com qualquer tipo de pão, tostas ou bolachas salgadas.
Como? Qualquer tipo de pão? Naaaa, acompanha na perfeição com o pão que é feito por mim ;)
Com o soro libertado fiz o meu pão. A receita que usei para este foi esta: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/09/pao-saloio.html
A única substituição que fiz foi a água pelo soro libertado. Ficou muito mais fofo e leve!
2015-04-30 13.29.01
7. Claro que acompanhei com uma fatia do meu queijinho maravilha ;)
2015-04-30 16.19.25



Queijo fresco, fresquinho…

Durante anos, o queijo fresco foi considerado como sendo um dos “parentes pobres” dos queijos, mas a opinião acerca dele mudou. Hoje o queijo fresco atingiu um estatuto que o coloca na lista dos principais componentes de uma alimentação saudável.
Rico em proteínas, cálcio, fósforo e vitaminas (dos complexos A, B e D), o seu consumo é recomendado a quem está em dieta, mas também a todos aqueles que procuram moderar o consumo de gordura na sua alimentação e que é uma alternativa mais saudável aos queijos maturados. É por isso cada vez maior a oferta de produtos no mercado e também crescente a variedade de utilizações que o queijo fresco pode ter na nossa alimentação diária, nas refeições mais simples, às mais sofisticadas e criativas.
Este queijo que não sofre maturação e resulta da coagulação do leite graças à adição de coalho.
Os queijos frescos são mais magros, pouco calóricos e menos gordurosos, daí que sejam hoje uma opção cada vez mais habitual para quem não quer deixar incluir o queijo na alimentação diária, mas quer restringir os níveis de gordura que ingere.
O queijo fresco tradicional é um produto que se encontra com frequência nas casas portuguesas. Com o seu sabor suave a sua textura macia e aveludada, é versátil e presta-se a uma série de utilizações.
É um queijo ideal para pequenos-almoços ou lanches e acompanha bem com qualquer tipo de pão, tostas ou bolachas salgadas e, com a chegada do tempo mais quente, torna-se num dos acompanhamentos de eleição para uma refeição mais leve e refrescante.
É também ideal para desportistas, pois tem proteínas de absorção lenta que ajudam o corpo a recuperar do esforço físico, como cá em casa há um desportista, o queijo fresco está muitas vezes presente na nossa mesa!
PhotoGrid_1430395338440
A receita já aqui está no blog (http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/07/queijo-fresco.html), mas desta vez mudei o leite que usei, substitui o leite de marca Mimosa meio gordo por leite Gresso, meio gordo.
Com o primeiro, o queijo ficou com uma textura boa, mas mais parecida com o requeijão. Com o leite Gresso, ficou mais firme. Confesso que gostei mais desta consistência!
Ingredientes:
1L leite meio gordo Gresso
100g leite em pó, gordo Nido
1 colher de chá de Sal grosso
30 gotas de coalho líquido
Preparação:
1. Colocar no copo o leite, o leite em pó e o sal e programar 5Min./37°/Vel.4.
Deitar 30 gotas de coalho líquido. Programar 30Seg./Vel.4
2. Deixar repousar no copo da Bimby fechado 30Min. para ganhar consistência.
Passado este tempo, abrir o copo e com a ajuda de uma faca fazer uma quadrícula com 1cm de largura e chegar com a faca ao fundo do copo, para que o soro se solte melhor.
Deixar descansar mais 30Min. com o copo sempre fechado.
2015-04-28 11.25.29 
3. Com a ajuda de uma colher de sopa, colocar delicadamente o queijo no cesto da Bimby.
De seguida, colocar o cesto sob um Tupperware com rede ou prato fundo para que o soro escorra e levar ao frigorífico.
4. Deixar repousar durante 2 DIAS no frigorífico. Sei que pode parecer uma eternidade, mas o resultado final vale muito a pena.
O soro que vai sendo libertado, durante o processo, verta-o para um frasco de vidro ou um Tupperware, mantenha-o no frigorífico.
5. Passados os 2 dias, desenformar.
2015-04-30 12.55.49
6. Este maravilhoso queijo fresco, acompanha bem com qualquer tipo de pão, tostas ou bolachas salgadas.
Como? Qualquer tipo de pão? Naaaa, acompanha na perfeição com o pão que é feito por mim ;)
Com o soro libertado fiz o meu pão. A receita que usei para este foi esta: http://cristinatbernardo.blogspot.pt/2014/09/pao-saloio.html
A única substituição que fiz foi a água pelo soro libertado. Ficou muito mais fofo e leve!
2015-04-30 13.29.01
7. Claro que acompanhei com uma fatia do meu queijinho maravilha ;)
2015-04-30 16.19.25



Pág. 3/3