Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Simplesmente a pura partilha de sabores e afetos...

Simply by Cristina

Simplesmente a pura partilha de sabores e afetos...

Adeus, 2015...Olá, 2016!

Hoje é dia de despedida de um ano que está quase quase a dizer-nos Adeus...
Não quero terminar o meu ano sem vos agradecer por terem partilhado comigo parte do vosso tempo e portanto, quero fazer desta minha última publicação a partilha de uma receita maravilhosa para o novo ano que aí vem...

Ingredientes:
Família
Doses generosas de Saúde
Felicidade em excesso
Amor
Alegria
Espumante Terras do Demo
Preparação:
1. Inserir todos os ingredientes no copo da Bimby e misturar em Vel. Média cerca de 12Seg. antes do final de 2015
2. Deitar numa forma e levar no coração pré-aquecido a 200º, quentinho...
3. Retirar e regar com bastante Amor.
4. Polvilhar com Alegria antes de servir.
5. Acompanhar com Espumante Terras do Demo produzido cá na minha vila de Moimenta da Beira


6. Espalhem muitos sorrisos e sejam muito felizes!
São os meus desejos para todos em 2016
Beijinhos

Adeus, 2015...Olá, 2016!

Hoje é dia de despedida de um ano que está quase quase a dizer-nos Adeus...
Não quero terminar o meu ano sem vos agradecer por terem partilhado comigo parte do vosso tempo e portanto, quero fazer desta minha última publicação a partilha de uma receita maravilhosa para o novo ano que aí vem...

Ingredientes:
Família
Doses generosas de Saúde
Felicidade em excesso
Amor
Alegria
Espumante Terras do Demo
Preparação:
1. Inserir todos os ingredientes no copo da Bimby e misturar em Vel. Média cerca de 12Seg. antes do final de 2015
2. Deitar numa forma e levar no coração pré-aquecido a 200º, quentinho...
3. Retirar e regar com bastante Amor.
4. Polvilhar com Alegria antes de servir.
5. Acompanhar com Espumante Terras do Demo produzido cá na minha vila de Moimenta da Beira


6. Espalhem muitos sorrisos e sejam muito felizes!
São os meus desejos para todos em 2016
Beijinhos

Sonhos de Abóbora...

Há tradições que são para manter e os Sonhos de Abóbora são apenas um exemplo dos doces natalícios, por isso hoje que é Dia de Consoada e foram estes os primeiros a ser feitos. Gosto muito e claro que não podiam faltar na mesa desta quadra festiva.
Sem eles, o Natal não teria o mesmo sabor! Assim, juntam-se a eles o Bolo Rainha, o Bolo-Rei de Alfarroba, as rabanadas da minha mãe regadas com uma calda de limão e Vinho do Porto, as Filhós da minha Avó agora feitas pela minha mãe, a Aletria  e Arroz Doce polvilhados com o aroma quente da canela. 
Dois dos meus doces de Natal preferidos desta altura do ano são o Bolo Rainha e os Sonhos de Abóbora. Adoroooo!
E é com esta receita que desejo que o Menino Jesus nos abençoe e nasça nas nossas famílias. Que a estrela de Belém ilumine sempre o nosso caminho e nos indique diariamente o caminho para a felicidade.
Para todos vós, crentes e não crentes, desejo alegria, tranquilidade, amor e paz no convívio com quem é mais próximo neste Natal.
Feliz e Santo Natal!

Ingredientes:
500g de abóbora partida em cubos
200g de farinha T55
1c. chá de fermento para bolos
3 ovos
15g de manteiga sem sal
100ml de leite
1 pau de canela
Casca de 1/2 laranja
1L de água
Óleo para fritar q.b.
Mistura de açúcar e canela q.b. para polvilhar
Preparação:
1. Cortar a abóbora em cubos.
Deitar 800ml de água no copo e colocar a Varoma com a abóbora cortada.
Programar 30Min./Varoma/Vel.1
2. Retirar a Varoma e da água da cozedura, reservar 150ml, rejeitar a restante.
Reduzir os cubos de abóbora a puré.
Para tal, devem colocar a abóbora cozida no copo e programar 15Seg./Vel.5
Reservar e deixar arrefecer por completo.
3. Deitar a água reservada e o leite no copo, adicionar o pau de canela, a manteiga e a casca de laranja.
Programar 10Min./Vel.2/100º.
4. Retirar o pau de canela e a casca de laranja.
Juntar a farinha e programar 30Seg./Vel.4
5. Adicionar o puré de abóbora e misturar 30Seg./Vel.4
6. Programar 1Min./Vel.4 e adicionar os ovos já batidos pelo bucal.
Depois de adicionados todos os ingredientes, colocar o copo medida e aumentar para a Vel.6.
7. Retirar para um Tupperware e deixar a massa descansar cerca de 30Min.
Aquecer óleo abundante e fritar.
Utilizar duas colheres de sobremesa para formar pequenas bolas.
8. Escorrer, usando papel absorvente e depois passar por açúcar e canela.
9. Podem comer ainda mornos ou deixar arrefecer.
Prefiro morninhos.
Depois... aparecem assim sentinelas que ficam de olhos postos nos Sonhos de nariz empinado e não deixam chegar perto porque pensam que não vão deixar que os comam.
O Sr. Rodolfo, a rena espertalhona pensava que ia ser assim, mas lá conseguimos enviá-lo para junto do Pai Natal :)


A todos um Santo Natal junto das vossas famílias.
Um grande beijinho e abraço,
Cristina

Sonhos de Abóbora...

Há tradições que são para manter e os Sonhos de Abóbora são apenas um exemplo dos doces natalícios, por isso hoje que é Dia de Consoada e foram estes os primeiros a ser feitos. Gosto muito e claro que não podiam faltar na mesa desta quadra festiva.
Sem eles, o Natal não teria o mesmo sabor! Assim, juntam-se a eles o Bolo Rainha, o Bolo-Rei de Alfarroba, as rabanadas da minha mãe regadas com uma calda de limão e Vinho do Porto, as Filhós da minha Avó agora feitas pela minha mãe, a Aletria  e Arroz Doce polvilhados com o aroma quente da canela. 
Dois dos meus doces de Natal preferidos desta altura do ano são o Bolo Rainha e os Sonhos de Abóbora. Adoroooo!
E é com esta receita que desejo que o Menino Jesus nos abençoe e nasça nas nossas famílias. Que a estrela de Belém ilumine sempre o nosso caminho e nos indique diariamente o caminho para a felicidade.
Para todos vós, crentes e não crentes, desejo alegria, tranquilidade, amor e paz no convívio com quem é mais próximo neste Natal.
Feliz e Santo Natal!

Ingredientes:
500g de abóbora partida em cubos
200g de farinha T55
1c. chá de fermento para bolos
3 ovos
15g de manteiga sem sal
100ml de leite
1 pau de canela
Casca de 1/2 laranja
1L de água
Óleo para fritar q.b.
Mistura de açúcar e canela q.b. para polvilhar
Preparação:
1. Cortar a abóbora em cubos.
Deitar 800ml de água no copo e colocar a Varoma com a abóbora cortada.
Programar 30Min./Varoma/Vel.1
2. Retirar a Varoma e da água da cozedura, reservar 150ml, rejeitar a restante.
Reduzir os cubos de abóbora a puré.
Para tal, devem colocar a abóbora cozida no copo e programar 15Seg./Vel.5
Reservar e deixar arrefecer por completo.
3. Deitar a água reservada e o leite no copo, adicionar o pau de canela, a manteiga e a casca de laranja.
Programar 10Min./Vel.2/100º.
4. Retirar o pau de canela e a casca de laranja.
Juntar a farinha e programar 30Seg./Vel.4
5. Adicionar o puré de abóbora e misturar 30Seg./Vel.4
6. Programar 1Min./Vel.4 e adicionar os ovos já batidos pelo bucal.
Depois de adicionados todos os ingredientes, colocar o copo medida e aumentar para a Vel.6.
7. Retirar para um Tupperware e deixar a massa descansar cerca de 30Min.
Aquecer óleo abundante e fritar.
Utilizar duas colheres de sobremesa para formar pequenas bolas.
8. Escorrer, usando papel absorvente e depois passar por açúcar e canela.
9. Podem comer ainda mornos ou deixar arrefecer.
Prefiro morninhos.
Depois... aparecem assim sentinelas que ficam de olhos postos nos Sonhos de nariz empinado e não deixam chegar perto porque pensam que não vão deixar que os comam.
O Sr. Rodolfo, a rena espertalhona pensava que ia ser assim, mas lá conseguimos enviá-lo para junto do Pai Natal :)


A todos um Santo Natal junto das vossas famílias.
Um grande beijinho e abraço,
Cristina

Pão Aromático...

Adoro fazer o meu pão, um pão saudável, em que vou usando vários tipos de farinhas, fazendo por vezes combinações improváveis, combinações de ingredientes variados, farinhas refinadas, integrais, de fruta...existe uma variedade enorme, mas o que eu gosto mesmo é no final obter um pão que ao mesmo tempo é aromático e delicioso.?
Na minha casa, o pão é sempre feito por mim ou pelo meu marido e quem prova gosta e faz os seus comentários e dá as suas opiniões. Gosto de as ouvir e gosto especialmente de registar aquelas opiniões que me deixam sem palavras:
"Está tão saboroso, está...simplesmente delicioso. Sabias que o ato de misturar a água com a semente, as farinhas que usas, são parte do vegetal que guarda a VIDA latente, em presença do elemento fogo, fogo esse que é por si só um ato de magia. Tu fazes magia! (Aqui foi feita uma pausa para uma trinca no pão e instalou-se o silêncio...)
Sabias que quem produz um pão caseiro, simboliza, num gesto simples, a perpetuação da integração do homem com a natureza e com o seu semelhante?"
O que responder a isto! Não fui capaz...pedi que repetisse devagar para interiorizar, afinal na opinião da minha amiga, tinha-a presenteado com um pão mágico e especial... Não tinha essa noção, a noção de quanto um simples Pão caseiro pudesse ter como ingredientes mágicos a partilha de emoções e pensamentos tão filosóficos...
Ingredientes:
200g farinha integral
330g farinha T55
20g fermento fresco OU 11g fermento em pó para pão
1c. chá de Orégãos Aroma Alentejo
10g Sementes de Papoila
1c. sopa de Passas Sultanas
300ml de água

Preparação:
1. Colocar no copo a água e o fermento. Programar 2Min./37º/Vel.2
2. Adicionar os restantes ingredientes. Programar 2Min./Vel. Espiga


3. Numa superfície polvilhada com farinha, moldar o pão na forma desejada.
Coloquei numa forma retangular e deixei levedar até dobrar de volume.
4. Levar ao forno a 200º/cerca de 20Min. ou até estar cozido.
Os meus durante o Inverno, são cozidos em forno de lenha ;)




Sugestão: Acompanhem este pão com fatias de Queijo Fresco , Manteiga de Amêndoa ou Manteiga de Amendoim






Pão Aromático...

Adoro fazer o meu pão, um pão saudável, em que vou usando vários tipos de farinhas, fazendo por vezes combinações improváveis, combinações de ingredientes variados, farinhas refinadas, integrais, de fruta...existe uma variedade enorme, mas o que eu gosto mesmo é no final obter um pão que ao mesmo tempo é aromático e delicioso.?
Na minha casa, o pão é sempre feito por mim ou pelo meu marido e quem prova gosta e faz os seus comentários e dá as suas opiniões. Gosto de as ouvir e gosto especialmente de registar aquelas opiniões que me deixam sem palavras:
"Está tão saboroso, está...simplesmente delicioso. Sabias que o ato de misturar a água com a semente, as farinhas que usas, são parte do vegetal que guarda a VIDA latente, em presença do elemento fogo, fogo esse que é por si só um ato de magia. Tu fazes magia! (Aqui foi feita uma pausa para uma trinca no pão e instalou-se o silêncio...)
Sabias que quem produz um pão caseiro, simboliza, num gesto simples, a perpetuação da integração do homem com a natureza e com o seu semelhante?"
O que responder a isto! Não fui capaz...pedi que repetisse devagar para interiorizar, afinal na opinião da minha amiga, tinha-a presenteado com um pão mágico e especial... Não tinha essa noção, a noção de quanto um simples Pão caseiro pudesse ter como ingredientes mágicos a partilha de emoções e pensamentos tão filosóficos...
Ingredientes:
200g farinha integral
330g farinha T55
20g fermento fresco OU 11g fermento em pó para pão
1c. chá de Orégãos Aroma Alentejo
10g Sementes de Papoila
1c. sopa de Passas Sultanas
300ml de água

Preparação:
1. Colocar no copo a água e o fermento. Programar 2Min./37º/Vel.2
2. Adicionar os restantes ingredientes. Programar 2Min./Vel. Espiga


3. Numa superfície polvilhada com farinha, moldar o pão na forma desejada.
Coloquei numa forma retangular e deixei levedar até dobrar de volume.
4. Levar ao forno a 200º/cerca de 20Min. ou até estar cozido.
Os meus durante o Inverno, são cozidos em forno de lenha ;)




Sugestão: Acompanhem este pão com fatias de Queijo Fresco , Manteiga de Amêndoa ou Manteiga de Amendoim






Mousse de Chocolate...

Antes de mais e para que não haja qualquer dúvida...ODEIO o Inverno! Mesmo!
Dezembro, traz consigo o dia mais pequeno do ano, sinal da chegada oficial do Inverno, com todas as mudanças que acarreta.
O Inverno oferece uma cor e um ritmo diferentes ás nossas vidas: dias cinzentos, sem sol, muitas e muitas vezes dias de nevoeiro, gelo nas estradas, neve, chuva, vento...isto tudo cá na minha terra é normal e prolonga-se por meses. Como poderia eu gostar?
Sou muito mais adepta do calor, sol e céu azul...Primavera e Verão, isso sim, adoroooo!
Desabafos à parte...o Inverno desperta em mim uma vontade mais acentuada, digamos assim para o consumo do chocolate, também acontece convosco?
Estudos científicos comprovam que com a chegada do Inverno a necessidade do consumo do chocolate é maior e que ocorre devido à  sensação de prazer  que o chocolate nos dá. Para além disso, o seu consumo estimula a produção de serotonina, uma substância do cérebro ligada à sensação de prazer e, com isso, alivia a depressão e a ansiedade... por dias mais quentinhos ;)
Ora...do chocolate para a Mousse de Chocolate foi um instantinho com um resultado surpreendente: esponjosa e super cremosa.
Ingredientes:
200g chocolate de leite
200g chocolate negro SEM açúcar
300g iogurte Grego
5 ovos
Raspa de 1 Limão ou Lima (OPCIONAL, usei a Lima, deu a esta mousse de chocolate um frescor muito especial)
Queijo Quark Natural para acompanhar
Avelãs
Pólen
Não adicionei açúcar, mas podem adicionar cerca de 50g em pó ou o equivalente em Stevia

Usei as 2 Bimby's :)
Para quem tem apenas 1, deverá bater as claras em castelo como primeiro passo da preparação da receita e reservar estas no frigorífico.

Preparação:
1. Colocar no copo da TM31 o chocolate partido em quadrados e adicionar o iogurte grego.
Programar 5Seg./Vel.5. Seguido de 4Min./50º/Vel.2

2. Separar as claras das gemas.
Deitar as claras no copo da TM5 que deve estar seco e limpo, colocar a borboleta.
Programar 7Min./Vel.3 1/2
3.  Adicionar ao chocolate, as gemas reservadas e misturar 10Seg./Vel.4

4. Deitar o preparado num Tupperware ou numa taça grande de vidro onde irá servir e deixar arrefecer.
Quando estiver fria, adicionar as claras em castelo reservadas e envolver muito delicadamente.
Aconselho nesta altura, a prova da mousse para no caso de quererem adicionar açúcar o fazerem aqui.

5. Como optei por deitar em taças individuais, distribuí pelas mesmas e levei ao frigorífico cerca de 4H antes de servir. O ideal será deixar de um dia para o outro para solidificar e ganhar a consistência adequada e própria da mousse.


 6. No momento de servir, adicionar o queijo Quark natural, decorar com avelãs ou outro fruto seco ou ainda pólen. Qualquer que seja a vossa opção, será uma finalização perfeita.



Sugestão:
Quem gostar de Mousse de Chocolate Branco ... é só clicar ;)



Mousse de Chocolate...

Antes de mais e para que não haja qualquer dúvida...ODEIO o Inverno! Mesmo!
Dezembro, traz consigo o dia mais pequeno do ano, sinal da chegada oficial do Inverno, com todas as mudanças que acarreta.
O Inverno oferece uma cor e um ritmo diferentes ás nossas vidas: dias cinzentos, sem sol, muitas e muitas vezes dias de nevoeiro, gelo nas estradas, neve, chuva, vento...isto tudo cá na minha terra é normal e prolonga-se por meses. Como poderia eu gostar?
Sou muito mais adepta do calor, sol e céu azul...Primavera e Verão, isso sim, adoroooo!
Desabafos à parte...o Inverno desperta em mim uma vontade mais acentuada, digamos assim para o consumo do chocolate, também acontece convosco?
Estudos científicos comprovam que com a chegada do Inverno a necessidade do consumo do chocolate é maior e que ocorre devido à  sensação de prazer  que o chocolate nos dá. Para além disso, o seu consumo estimula a produção de serotonina, uma substância do cérebro ligada à sensação de prazer e, com isso, alivia a depressão e a ansiedade... por dias mais quentinhos ;)
Ora...do chocolate para a Mousse de Chocolate foi um instantinho com um resultado surpreendente: esponjosa e super cremosa.
Ingredientes:
200g chocolate de leite
200g chocolate negro SEM açúcar
300g iogurte Grego
5 ovos
Raspa de 1 Limão ou Lima (OPCIONAL, usei a Lima, deu a esta mousse de chocolate um frescor muito especial)
Queijo Quark Natural para acompanhar
Avelãs
Pólen
Não adicionei açúcar, mas podem adicionar cerca de 50g em pó ou o equivalente em Stevia

Usei as 2 Bimby's :)
Para quem tem apenas 1, deverá bater as claras em castelo como primeiro passo da preparação da receita e reservar estas no frigorífico.

Preparação:
1. Colocar no copo da TM31 o chocolate partido em quadrados e adicionar o iogurte grego.
Programar 5Seg./Vel.5. Seguido de 4Min./50º/Vel.2

2. Separar as claras das gemas.
Deitar as claras no copo da TM5 que deve estar seco e limpo, colocar a borboleta.
Programar 7Min./Vel.3 1/2
3.  Adicionar ao chocolate, as gemas reservadas e misturar 10Seg./Vel.4

4. Deitar o preparado num Tupperware ou numa taça grande de vidro onde irá servir e deixar arrefecer.
Quando estiver fria, adicionar as claras em castelo reservadas e envolver muito delicadamente.
Aconselho nesta altura, a prova da mousse para no caso de quererem adicionar açúcar o fazerem aqui.

5. Como optei por deitar em taças individuais, distribuí pelas mesmas e levei ao frigorífico cerca de 4H antes de servir. O ideal será deixar de um dia para o outro para solidificar e ganhar a consistência adequada e própria da mousse.


 6. No momento de servir, adicionar o queijo Quark natural, decorar com avelãs ou outro fruto seco ou ainda pólen. Qualquer que seja a vossa opção, será uma finalização perfeita.



Sugestão:
Quem gostar de Mousse de Chocolate Branco ... é só clicar ;)



Bolachinhas Custard...

Faltam apenas 4 dias para o Natal! 
As ruas são invadidas pelas luzinhas pisca-piscas, pinheiros enfeitados das mais diversas formas, familiares que regressam a casa, o Pai Natal começa a aparecer aqui e acolá e tudo parece ter mais graça e mais encanto.
Para além disso, o melhor de tudo nesta época é o sentimento de união e de família.
É incrível como uma data do ano pode trazer tantas coisas boas a todos nós! Por mim, esta época mantinha-se durante todo o ano...
Com as minhas filhas preparei estas deliciosas bolachinhas que ficaram divinais.
O nosso lanche está pronto! ;)


Ingredientes:
250g Farinha T55
70g Farinha Custard Powder sabor a baunilha
80g manteiga
100g açúcar
1 ovo
20ml leite
1c. chá de fermento para bolos

Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby e programar 20Seg./Vel.6
 

2. Se verificarem que a massa está muito mole para moldar, colocar 30Min. no frigorífico.
Estender a massa em cima de um tapete de silicone ou numa folha de papel vegetal polvilhado com farinha.
Com os cortadores de bolacha, cortar na forma desejada.

3. Polvilhar com um pouco de açúcar granulado.
Levar ao forno a 200º/15Min.
4. Deixar arrefecer sobre uma rede.
E porque estamos em plena época natalícia, fui ao armário buscar a minha chávena própria para a época. ;)
Acompanhar com um delicioso chá, sugiro Chá Lúcia Lima Aroma Alentejo sem açúcar. ;)

  Santo Natal, para todos!

Bolachinhas Custard...

Faltam apenas 4 dias para o Natal! 
As ruas são invadidas pelas luzinhas pisca-piscas, pinheiros enfeitados das mais diversas formas, familiares que regressam a casa, o Pai Natal começa a aparecer aqui e acolá e tudo parece ter mais graça e mais encanto.
Para além disso, o melhor de tudo nesta época é o sentimento de união e de família.
É incrível como uma data do ano pode trazer tantas coisas boas a todos nós! Por mim, esta época mantinha-se durante todo o ano...
Com as minhas filhas preparei estas deliciosas bolachinhas que ficaram divinais.
O nosso lanche está pronto! ;)


Ingredientes:
250g Farinha T55
70g Farinha Custard Powder sabor a baunilha
80g manteiga
100g açúcar
1 ovo
20ml leite
1c. chá de fermento para bolos

Preparação:
1. Colocar todos os ingredientes no copo da Bimby e programar 20Seg./Vel.6
 

2. Se verificarem que a massa está muito mole para moldar, colocar 30Min. no frigorífico.
Estender a massa em cima de um tapete de silicone ou numa folha de papel vegetal polvilhado com farinha.
Com os cortadores de bolacha, cortar na forma desejada.

3. Polvilhar com um pouco de açúcar granulado.
Levar ao forno a 200º/15Min.
4. Deixar arrefecer sobre uma rede.
E porque estamos em plena época natalícia, fui ao armário buscar a minha chávena própria para a época. ;)
Acompanhar com um delicioso chá, sugiro Chá Lúcia Lima Aroma Alentejo sem açúcar. ;)

  Santo Natal, para todos!

Pág. 1/3