Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Sericaia...

Para vós queridos tios e primas de Elvas...

A Sericaia é de facto um doce característico do Alentejo, apresenta uma textura fofa com "marcas de doçaria conventual em que há uma abundante utilização de ovos e canela". Segundo se consta era uma receita confecionada pelas freiras do convento de Elvas e de Vila Viçosa, "reclamando ambas para si os direitos da sua importação. Umas deram-lhe o nome de Sericaia e outras de Sericá, sendo que a tradição está mais ligada a Elvas, onde o doce é decorado com as famosas ameixas de Elvas".
Ai as ameixas...adoro, adoro, adoro, mas infelizmente nesta minha publicação elas não aparecem com muita pena minha.
Cá na minha vila, elas são uma miragem e lembro-me perfeitamente da primeira vez que as provei, no dia do casamento da prima Graça.
A tia Hermínia tinha na mesa do banquete a Sericaia e eu nunca tinha provado. Envergonhada, lá perguntei o que era aquilo (decorria o ano de 2000) e mal a provei fiquei deliciada.
O toque da canela e a textura fofa fazem deste doce regional um verdadeiro manjar dos deuses.
No entanto, segredos há na sua confeção...mas que vão sendo desvendados pelas imensas partilhas que se vão fazendo das mais variadas receitas.
Para além dos ingredientes que se utilizam, a forma como se deita o preparado no prato faz toda a diferença. Prato este que deverá ser de barro e o preparado da massa deve ser deitado em colheradas grandes desencontradas, para que ao cozer abra as fendas à superfície as quais lhe são características.

Numa das visitas dos tios e prima Elsa cá a casa, trouxeram-me de presente a deliciosa Sericaia. O prato era sem dúvida alguma, algo que eu já desejava há muito. Mesmo sem ele já tinha feito algumas vezes, mas não ficava bem igual...neste momento, já tenho 2 pratos!
Considero que os doces regionais têm sempre uma sabedoria ancestral e dá-me sempre a sensação de que ao fazê-los estou sempre a homenagear alguém...pronto, é isto!
Para fazer esta receita, baseei-me na receita do Chef José Avillez, mas adaptei a mesma à Bimby.
Fiz duas doses, foram 2 Sericaias a sair do forno e comi quase uma inteira, só porque me apeteceu! :D


Ingredientes:
500ml leite
200g+50g açúcar
6 ovos
3 cascas de Limão
90g farinha T55
1 pau de canela
Canela em pó para polvilhar
Ameixas de Elvas em calda para acompanhar
Preparação:
1. Separar as gemas das claras e reservar as claras.

2. Colocar no copo 200g do açúcar e as gemas no copo, inserir a borboleta. 4Min./Vel.3
Dica: Para intensificar um pouco mais o sabor a limão, podem pulverizar como 1º passo o açúcar com as cascas do Limão. 15Seg./Vel.9


3. Retirar a borboleta, adicionar a farinha e envolver 10Seg./Vel.3.
Baixar o que fica nas paredes do copo.


4. Adicionar o leite, as cascas de limão e o pau de canela. Programar 12Min./90º/Vel.2


5. Retirar as cascas do limão e o pau de canela. Deitar num recipiente grande e deixar arrefecer.


6. No copo da Bimby, limpo e seco colocar as claras e inserir a borboleta. Programar 8Min./Vel.3 1/2
A 2Min. do final devem adicionar 50g do açúcar reservado.


7. Com uma vara de arames, adicionar as claras em castelo delicadamente.

8. Dispor num prato redondo de barro, colheradas grandes desencontradas, devem começar do centro para as extremidades do prato.


9. Polvilhar com canela.

10. Levar ao forno a 220º , assim que comecem a abrir as fendas devem baixar para 180º para que coza por dentro. 30Min. será mais ou menos o tempo necessário para a cozedura.
Cozi as minhas no meu forno a lenha e digo-vos que ficaram uma maravilha.


11. Retirar do forno, deixar arrefecer e acompanhar com as maravilhosas ameixas de Elvas em calda...foi o que faltou na minha Sericaia, mas mesmo sem elas, foi devorada num instantinho às colheradas. :D


Sericaia...

Para vós queridos tios e primas de Elvas...

A Sericaia é de facto um doce característico do Alentejo, apresenta uma textura fofa com "marcas de doçaria conventual em que há uma abundante utilização de ovos e canela". Segundo se consta era uma receita confecionada pelas freiras do convento de Elvas e de Vila Viçosa, "reclamando ambas para si os direitos da sua importação. Umas deram-lhe o nome de Sericaia e outras de Sericá, sendo que a tradição está mais ligada a Elvas, onde o doce é decorado com as famosas ameixas de Elvas".
Ai as ameixas...adoro, adoro, adoro, mas infelizmente nesta minha publicação elas não aparecem com muita pena minha.
Cá na minha vila, elas são uma miragem e lembro-me perfeitamente da primeira vez que as provei, no dia do casamento da prima Graça.
A tia Hermínia tinha na mesa do banquete a Sericaia e eu nunca tinha provado. Envergonhada, lá perguntei o que era aquilo (decorria o ano de 2000) e mal a provei fiquei deliciada.
O toque da canela e a textura fofa fazem deste doce regional um verdadeiro manjar dos deuses.
No entanto, segredos há na sua confeção...mas que vão sendo desvendados pelas imensas partilhas que se vão fazendo das mais variadas receitas.
Para além dos ingredientes que se utilizam, a forma como se deita o preparado no prato faz toda a diferença. Prato este que deverá ser de barro e o preparado da massa deve ser deitado em colheradas grandes desencontradas, para que ao cozer abra as fendas à superfície as quais lhe são características.

Numa das visitas dos tios e prima Elsa cá a casa, trouxeram-me de presente a deliciosa Sericaia. O prato era sem dúvida alguma, algo que eu já desejava há muito. Mesmo sem ele já tinha feito algumas vezes, mas não ficava bem igual...neste momento, já tenho 2 pratos!
Considero que os doces regionais têm sempre uma sabedoria ancestral e dá-me sempre a sensação de que ao fazê-los estou sempre a homenagear alguém...pronto, é isto!
Para fazer esta receita, baseei-me na receita do Chef José Avillez, mas adaptei a mesma à Bimby.
Fiz duas doses, foram 2 Sericaias a sair do forno e comi quase uma inteira, só porque me apeteceu! :D


Ingredientes:
500ml leite
200g+50g açúcar
6 ovos
3 cascas de Limão
90g farinha T55
1 pau de canela
Canela em pó para polvilhar
Ameixas de Elvas em calda para acompanhar
Preparação:
1. Separar as gemas das claras e reservar as claras.

2. Colocar no copo 200g do açúcar e as gemas no copo, inserir a borboleta. 4Min./Vel.3
Dica: Para intensificar um pouco mais o sabor a limão, podem pulverizar como 1º passo o açúcar com as cascas do Limão. 15Seg./Vel.9


3. Retirar a borboleta, adicionar a farinha e envolver 10Seg./Vel.3.
Baixar o que fica nas paredes do copo.


4. Adicionar o leite, as cascas de limão e o pau de canela. Programar 12Min./90º/Vel.2


5. Retirar as cascas do limão e o pau de canela. Deitar num recipiente grande e deixar arrefecer.


6. No copo da Bimby, limpo e seco colocar as claras e inserir a borboleta. Programar 8Min./Vel.3 1/2
A 2Min. do final devem adicionar 50g do açúcar reservado.


7. Com uma vara de arames, adicionar as claras em castelo delicadamente.

8. Dispor num prato redondo de barro, colheradas grandes desencontradas, devem começar do centro para as extremidades do prato.


9. Polvilhar com canela.

10. Levar ao forno a 220º , assim que comecem a abrir as fendas devem baixar para 180º para que coza por dentro. 30Min. será mais ou menos o tempo necessário para a cozedura.
Cozi as minhas no meu forno a lenha e digo-vos que ficaram uma maravilha.


11. Retirar do forno, deixar arrefecer e acompanhar com as maravilhosas ameixas de Elvas em calda...foi o que faltou na minha Sericaia, mas mesmo sem elas, foi devorada num instantinho às colheradas. :D


Muffins de Alfarroba e Chia...

Existem tantos , mas tantos blogs maravilhosos com receitas ainda mais maravilhosas que se fosse fazer tudo o que vejo, não faria mais nada!
Numa das minhas viagens por este mundo da blogosfera, encontrei o My New Roots.
Quando vi esta receitinha, coloquei-a de imediato na minha lista do MUST DO! 
Tinha que experimentar a receita, mas como nesta altura não há figos frescos, tive que alterar por outro ingrediente que tinha cá em casa...as Tâmaras. 
As sementes de Chia é outro ingrediente que se encontra facilmente em muitos supermercados, são o novo alimento da moda, pelas suas propriedades anti-oxidantes, entre outras. 
Nesta receita, as sementes de Chia são usadas em substituição dos ovos e da gordura, transformando estes Muffins em Muffins Vegan e sem qualquer gordura adicionada.
Adorei, a combinação é perfeita!
P.S.- Usei pouco açúcar, mas podem aumentar mais um bocadinho se quiserem.


Ingredientes:
15g de sementes de chia
80ml água
140g de flocos de aveia
30g de farinha de alfarroba
15 Tâmaras
40g de açúcar amarelo
1c. de sopa de mel
125ml de leite magro
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
Preparação:
1. No copinho medidor da Bimby, pesar as sementes de chia e juntar a água às sementes de chia.  Reservar durante 15Min.
A água vai transformar-se numa gelatina.



 2. No copo, pulverizar os flocos de aveia. 10Seg./Vel. 9


3. Adicionar o açúcar, a alfarroba e o bicarbonato, o mel, o leite.
Acrescentar as sementes de chia e misturar bem. 20Seg./Vel.3



4. Cortar as tâmaras ao meio e retirar os caroços.
Reservar 6 para decorar os Muffins e as restantes partir em pequenos pedaços e envolver na massa.
5. Distribuir a massa pela forma que usarem. Optei por uma forma de Silicone da Tupperware, gentileza da Cozinha & Caixinhas. Não é necessário untar, nem sequer passar a forma por água. Desenforma que é uma maravilha. Claro que devem deixar arrefecer a forma na totalidade e só depois retirar os Muffins.


6. Colocar uma metade de Tâmara no topo de cada um.
Levar ao forno a 180º durante 25Min.


 Servir acompanhado com um chá quentinho ;)


Muffins de Alfarroba e Chia...

Existem tantos , mas tantos blogs maravilhosos com receitas ainda mais maravilhosas que se fosse fazer tudo o que vejo, não faria mais nada!
Numa das minhas viagens por este mundo da blogosfera, encontrei o My New Roots.
Quando vi esta receitinha, coloquei-a de imediato na minha lista do MUST DO! 
Tinha que experimentar a receita, mas como nesta altura não há figos frescos, tive que alterar por outro ingrediente que tinha cá em casa...as Tâmaras. 
As sementes de Chia é outro ingrediente que se encontra facilmente em muitos supermercados, são o novo alimento da moda, pelas suas propriedades anti-oxidantes, entre outras. 
Nesta receita, as sementes de Chia são usadas em substituição dos ovos e da gordura, transformando estes Muffins em Muffins Vegan e sem qualquer gordura adicionada.
Adorei, a combinação é perfeita!
P.S.- Usei pouco açúcar, mas podem aumentar mais um bocadinho se quiserem.


Ingredientes:
15g de sementes de chia
80ml água
140g de flocos de aveia
30g de farinha de alfarroba
15 Tâmaras
40g de açúcar amarelo
1c. de sopa de mel
125ml de leite magro
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
Preparação:
1. No copinho medidor da Bimby, pesar as sementes de chia e juntar a água às sementes de chia.  Reservar durante 15Min.
A água vai transformar-se numa gelatina.



 2. No copo, pulverizar os flocos de aveia. 10Seg./Vel. 9


3. Adicionar o açúcar, a alfarroba e o bicarbonato, o mel, o leite.
Acrescentar as sementes de chia e misturar bem. 20Seg./Vel.3



4. Cortar as tâmaras ao meio e retirar os caroços.
Reservar 6 para decorar os Muffins e as restantes partir em pequenos pedaços e envolver na massa.
5. Distribuir a massa pela forma que usarem. Optei por uma forma de Silicone da Tupperware, gentileza da Cozinha & Caixinhas. Não é necessário untar, nem sequer passar a forma por água. Desenforma que é uma maravilha. Claro que devem deixar arrefecer a forma na totalidade e só depois retirar os Muffins.


6. Colocar uma metade de Tâmara no topo de cada um.
Levar ao forno a 180º durante 25Min.


 Servir acompanhado com um chá quentinho ;)


Myprotein...parceria!

É com enorme satisfação que anuncio que também já faço parte da família Myprotein
 
 

Esta parceria vai dar a possibilidade de dar a conhecer os produtos mais vendidos, dar reviews, esclarecer dúvidas sobre a suplementação que tanto está na “moda”, assim como, a possibilidade de dar a conhecer algumas dicas para receitas. 
Fiquem atentos!
Para quem não conhece, Myprotein trata-se da marca de suplementação desportiva online Nº1 na Europa. 
 
Fundado em 2004, Myprotein® é o número um da nutrição desportiva em Europa. A empresa tem crescido rapidamente desde o primeiro dia, o propósito é a qualidade dos produtos e um óptimo serviços para os clientes.
Em sua curta história, a empresa, ganhou vários prémios prestigiosos. Recentemente, em Novembro 2009, Myprotein® foi incluído no prestigiado 2009 TIMES Fast-Track 100 lista de empresa que mais crescem no Reino Unido. N° 21 na lista, a empresa estabeleceu-se como uma das lideres em todos os sectores. 
Também em 2009, Myprotein® ganhou o prémio regional para Small to Medium Sized Business para o noroeste da Inglaterra no National Business Awards a nível nacional. A empresa tem sido capaz de contrariar a concorrência, e ser reconhecido pela sua excelente performance e filosofia. 
Em 2007, Myprotein® recebeu um prémio para CBI (Confederation of British Industry).  E foi eleita a Jovem Empresa Nacional do ano, pela Growing Business Awards.
Cá em casa somos adeptos de um estilo de vida saudável e, portanto, temos a crescente preocupação em consumir produtos alternativos e saudáveis.
Fiquei muito satisfeita com esta minha parceria. O meu marido como ciclista que é, já era fã da marca há algum tempo e a possibilidade de poder consumir e criar receitas com estes produtos deixou-me bastante empolgada. Claro que também terei a ajuda dele ;)

 A empresa lançou o site em português pt.myprotein.com que conta com uma vasta gama de produtos de excelente qualidade e preços bastante competitivos.
Quanto aos produtos que, gentilmente me foram oferecidos, chegaram muito bem embalados e as próprias embalagens dos produtos são de elevada qualidade, o que permite armazenar o mesmo com garantias de uma melhor conservação.  
Claro, este é mais um desafio para desenvolver algumas receitas com eles e tenho todo o gosto em aceitar.
 
 
 
Seguem os links com maior detalhe e a especificação de cada produto:
 
 
Sugiro a visita ao site oficial da Myprotein para que possam conhecer a gama de produtos e fazerem as vossas encomendas se assim o desejarem!
Assim como a página de Facebook 

Obrigada, Myprotein!
 
 

Myprotein...parceria!

É com enorme satisfação que anuncio que também já faço parte da família Myprotein
 
 

Esta parceria vai dar a possibilidade de dar a conhecer os produtos mais vendidos, dar reviews, esclarecer dúvidas sobre a suplementação que tanto está na “moda”, assim como, a possibilidade de dar a conhecer algumas dicas para receitas. 
Fiquem atentos!
Para quem não conhece, Myprotein trata-se da marca de suplementação desportiva online Nº1 na Europa. 
 
Fundado em 2004, Myprotein® é o número um da nutrição desportiva em Europa. A empresa tem crescido rapidamente desde o primeiro dia, o propósito é a qualidade dos produtos e um óptimo serviços para os clientes.
Em sua curta história, a empresa, ganhou vários prémios prestigiosos. Recentemente, em Novembro 2009, Myprotein® foi incluído no prestigiado 2009 TIMES Fast-Track 100 lista de empresa que mais crescem no Reino Unido. N° 21 na lista, a empresa estabeleceu-se como uma das lideres em todos os sectores. 
Também em 2009, Myprotein® ganhou o prémio regional para Small to Medium Sized Business para o noroeste da Inglaterra no National Business Awards a nível nacional. A empresa tem sido capaz de contrariar a concorrência, e ser reconhecido pela sua excelente performance e filosofia. 
Em 2007, Myprotein® recebeu um prémio para CBI (Confederation of British Industry).  E foi eleita a Jovem Empresa Nacional do ano, pela Growing Business Awards.
Cá em casa somos adeptos de um estilo de vida saudável e, portanto, temos a crescente preocupação em consumir produtos alternativos e saudáveis.
Fiquei muito satisfeita com esta minha parceria. O meu marido como ciclista que é, já era fã da marca há algum tempo e a possibilidade de poder consumir e criar receitas com estes produtos deixou-me bastante empolgada. Claro que também terei a ajuda dele ;)

 A empresa lançou o site em português pt.myprotein.com que conta com uma vasta gama de produtos de excelente qualidade e preços bastante competitivos.
Quanto aos produtos que, gentilmente me foram oferecidos, chegaram muito bem embalados e as próprias embalagens dos produtos são de elevada qualidade, o que permite armazenar o mesmo com garantias de uma melhor conservação.  
Claro, este é mais um desafio para desenvolver algumas receitas com eles e tenho todo o gosto em aceitar.
 
 
 
Seguem os links com maior detalhe e a especificação de cada produto:
 
 
Sugiro a visita ao site oficial da Myprotein para que possam conhecer a gama de produtos e fazerem as vossas encomendas se assim o desejarem!
Assim como a página de Facebook 

Obrigada, Myprotein!
 
 

Pág. 3/3