Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Bolo do Caco Tradicional...

Regressei das minhas férias na Ilha da Madeira com uma vontade imensa de continuar de férias! :D
A boa vida...aquela em que não se faz nadinha e eu, temos uma relação de bastante cumplicidade e ter de voltar à rotina habitual custa um bocadinho, custa imenso, tenho dito!
Gostei do que vi, gostei da Ilha no geral, gostei do que saboreei e quis como primeira publicação depois das férias, fosse assim um género de homenagem aos madeirenses, um povo acolhedor e simpático.
Assim sendo, nada melhor que publicar a receita do tradicional Bolo do Caco!


Para quem não conhece o Bolo do Caco não é doce, apesar de o nome poder induzir em erro. Não é mais que um pão de trigo, tradicional da Ilha da Madeira, claro está, com um formato redondo e achatado.
Podem ler mais um pouco acerca deste Pão, AQUI

Ora, na minha estadia na Ilha da Madeira, tive a oportunidade de provar algumas variedades: o tradicional com a manteiga de alho e salsa picada, recheado com bacon e queijo, recheado com fiambre e queijo e também com chourição (este último foi o que menos gostei!). O que mais me agradou foi o Bolo do Caco recheado com bacon e queijo, feito mesmo à frente dos meus olhos, em plena avenida principal e o qual devorei ali mesmo, de tão bom que estava. :D
Aqui fica o registo em fotos do momento, com a devida publicidade ao Bolo do Caco do Nico's que bem a merece, estavam deliciosos:

Depois, chego a casa e claro tive que experimentar e fiz!
A receita já a tinha há bastante tempo, mas nunca tinha testado, até porque quis provar o original e só depois fazer.
Ficou tal e qual!

Ingredientes:
25g de fermento de padeiro fresco
500g de farinha de trigo T55
1c. sobremesa de sal
250ml de água morna 
Preparação:
1. Desfazer o fermento num pouco de água morna.




2. Deitar a farinha num recipiente e adicionar o sal.
3. Adicionar o fermento desfeito e depois juntar a restante água.
Ir amassando até obter uma massa homogénea e formar uma bola.



4. Depois da bola formada, polvilhar um pouco de farinha por cima da massa e com a mão fazer uma cruz na massa, tapar com um pano de algodão e deixar levedar.

Dependendo da temperatura ambiente o tempo de levedação pode variar. Aconselho a que coloquem o recipiente dentro do forno DESLIGADO para que a levedação seja mais rápida.
Estará levedado quando a cruz que fizemos anteriormente, deixar de estar visível.


5. Dividir a massa em bolas que se achatam de modo a formar uma bolacha com a espessura de 1cm e um palmo de diâmetro.
6. Como não tenho pedra de basalto, cozi numa frigideira anti-aderente a qual deverá estar quente.
Deixar cozer até ganhar uma crosta fina, mas ligeiramente tostada.
Virar e deixar cozer do outro lado.


Ainda quente, abrir o pão ao meio e barrar as metades com manteiga de alho e salsa picada, se não tiverem esta em casa, podem usar a manteiga habitual que usam, é ótimo na mesma, foi o que fiz. ;)


Sugestão: Se não tiverem manteiga de alho é muito fácil de a fazerem.
Assim: 
1. Colocar num recipiente uma porção de manteiga simples que deve estar à temperatura ambiente.
2. Picar em pedaços bem pequeninos, dentes de alho.
3. Picar salsa fresca.
4. Misturar bem os 3 ingredientes e levar ao frigorífico para solidificar.
5. Depois de solidificada é só barrar no Bolo do Caco. ;)

Agora as fotos dos originais:





Bolo do Caco Tradicional...

Regressei das minhas férias na Ilha da Madeira com uma vontade imensa de continuar de férias! :D
A boa vida...aquela em que não se faz nadinha e eu, temos uma relação de bastante cumplicidade e ter de voltar à rotina habitual custa um bocadinho, custa imenso, tenho dito!
Gostei do que vi, gostei da Ilha no geral, gostei do que saboreei e quis como primeira publicação depois das férias, fosse assim um género de homenagem aos madeirenses, um povo acolhedor e simpático.
Assim sendo, nada melhor que publicar a receita do tradicional Bolo do Caco!


Para quem não conhece o Bolo do Caco não é doce, apesar de o nome poder induzir em erro. Não é mais que um pão de trigo, tradicional da Ilha da Madeira, claro está, com um formato redondo e achatado.
Podem ler mais um pouco acerca deste Pão, AQUI

Ora, na minha estadia na Ilha da Madeira, tive a oportunidade de provar algumas variedades: o tradicional com a manteiga de alho e salsa picada, recheado com bacon e queijo, recheado com fiambre e queijo e também com chourição (este último foi o que menos gostei!). O que mais me agradou foi o Bolo do Caco recheado com bacon e queijo, feito mesmo à frente dos meus olhos, em plena avenida principal e o qual devorei ali mesmo, de tão bom que estava. :D
Aqui fica o registo em fotos do momento, com a devida publicidade ao Bolo do Caco do Nico's que bem a merece, estavam deliciosos:

Depois, chego a casa e claro tive que experimentar e fiz!
A receita já a tinha há bastante tempo, mas nunca tinha testado, até porque quis provar o original e só depois fazer.
Ficou tal e qual!

Ingredientes:
25g de fermento de padeiro fresco
500g de farinha de trigo T55
1c. sobremesa de sal
250ml de água morna 
Preparação:
1. Desfazer o fermento num pouco de água morna.




2. Deitar a farinha num recipiente e adicionar o sal.
3. Adicionar o fermento desfeito e depois juntar a restante água.
Ir amassando até obter uma massa homogénea e formar uma bola.



4. Depois da bola formada, polvilhar um pouco de farinha por cima da massa e com a mão fazer uma cruz na massa, tapar com um pano de algodão e deixar levedar.

Dependendo da temperatura ambiente o tempo de levedação pode variar. Aconselho a que coloquem o recipiente dentro do forno DESLIGADO para que a levedação seja mais rápida.
Estará levedado quando a cruz que fizemos anteriormente, deixar de estar visível.


5. Dividir a massa em bolas que se achatam de modo a formar uma bolacha com a espessura de 1cm e um palmo de diâmetro.
6. Como não tenho pedra de basalto, cozi numa frigideira anti-aderente a qual deverá estar quente.
Deixar cozer até ganhar uma crosta fina, mas ligeiramente tostada.
Virar e deixar cozer do outro lado.


Ainda quente, abrir o pão ao meio e barrar as metades com manteiga de alho e salsa picada, se não tiverem esta em casa, podem usar a manteiga habitual que usam, é ótimo na mesma, foi o que fiz. ;)


Sugestão: Se não tiverem manteiga de alho é muito fácil de a fazerem.
Assim: 
1. Colocar num recipiente uma porção de manteiga simples que deve estar à temperatura ambiente.
2. Picar em pedaços bem pequeninos, dentes de alho.
3. Picar salsa fresca.
4. Misturar bem os 3 ingredientes e levar ao frigorífico para solidificar.
5. Depois de solidificada é só barrar no Bolo do Caco. ;)

Agora as fotos dos originais: