Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Tarte de Chila...

Eu já sabia que ia ser assim...depois de ontem ter feito o meu Doce de Chila tinha que fazer qualquer coisa com ele.
Fui, então ver os arquivos do Blog, só para ver o que já tinha feito com Chila. Tenho já algumas receitas, mas quis fazer algo novo!
Decidi-me, abençoada hora, tentar fazer de raiz  uma Tarte de Chila...pensei: "Se sair bem, ótimo! Se sair mal, certamente não fica por comer!" :D
Fui ver os ingredientes que tinha, decidi-me rapidamente quanto às quantidades,resultado final: 
Esta é a MELHOR Tarte de Chila do universo e arredores, esta é a minha preferida...esta é qualquer coisa de divinal e leva-me a crer que numa outra vida eu fui, mas é que tenho quase a certeza...uma doceira de mão cheia! :D
Enquanto a fazia, parecia que a tinha feito desde sempre!
Depois, o momento da prova! O momento da verdade: estaria boa ou nem por isso?
Assim que comecei a cortar o topo estava estaladiço, o interior húmido...tal e qual como eu imaginei!
A primeira garfada: de olhos fechados, levei à boca um pequeno pedaço... estava divinal, não consigo expressar em palavras a forma como degustei aquele pequeno pedaço.
A chila, misturada com os ovos, aquela crosta...um pedaço do Céu!
Irresistível, deliciosa, divinal!


Ingredientes:
150g de Farinha de Amêndoa (Pulverizei Amêndoa palitada)
200g de Açúcar
2 ovos
4 gemas
35g Farinha Maizena
1c. chá de fermento em pó para bolos
230g Doce de Chila
Açúcar em pó para decorar
Preparação:

1. Colocar no copo as Amêndoas palitadas e pulverizar 15Seg./Vel.9
Reservar.


 2. Deitar no copo os ovos e o açúcar.
Programar 6Min./37º/Vel.3


3. Adicionar os restantes ingredientes e programar 30Seg./Vel.3


4. Ligar o forno a 180º e untar uma forma para Tartes, usei a Forma Anti-Aderente Tarte Canelada de fundo solto da Metalúrgica Bakeware, SA
Verter o preparado para a forma.


5. Levar ao forno e baixar a temperatura para 150º, deixar cozer 40Min.
Desligar o forno e deixar a Tarte dentro do forno mais 10Min. SEM TEMPERATURA.


6. Desenformar depois de totalmente fria e decorar com açúcar em pó.
Aconselho o uso de um passador pequeno para que consigam obter uma camada fina e branca por cima.
















Tarte de Chila...

Eu já sabia que ia ser assim...depois de ontem ter feito o meu Doce de Chila tinha que fazer qualquer coisa com ele.
Fui, então ver os arquivos do Blog, só para ver o que já tinha feito com Chila. Tenho já algumas receitas, mas quis fazer algo novo!
Decidi-me, abençoada hora, tentar fazer de raiz  uma Tarte de Chila...pensei: "Se sair bem, ótimo! Se sair mal, certamente não fica por comer!" :D
Fui ver os ingredientes que tinha, decidi-me rapidamente quanto às quantidades,resultado final: 
Esta é a MELHOR Tarte de Chila do universo e arredores, esta é a minha preferida...esta é qualquer coisa de divinal e leva-me a crer que numa outra vida eu fui, mas é que tenho quase a certeza...uma doceira de mão cheia! :D
Enquanto a fazia, parecia que a tinha feito desde sempre!
Depois, o momento da prova! O momento da verdade: estaria boa ou nem por isso?
Assim que comecei a cortar o topo estava estaladiço, o interior húmido...tal e qual como eu imaginei!
A primeira garfada: de olhos fechados, levei à boca um pequeno pedaço... estava divinal, não consigo expressar em palavras a forma como degustei aquele pequeno pedaço.
A chila, misturada com os ovos, aquela crosta...um pedaço do Céu!
Irresistível, deliciosa, divinal!


Ingredientes:
150g de Farinha de Amêndoa (Pulverizei Amêndoa palitada)
200g de Açúcar
2 ovos
4 gemas
35g Farinha Maizena
1c. chá de fermento em pó para bolos
230g Doce de Chila
Açúcar em pó para decorar
Preparação:

1. Colocar no copo as Amêndoas palitadas e pulverizar 15Seg./Vel.9
Reservar.


 2. Deitar no copo os ovos e o açúcar.
Programar 6Min./37º/Vel.3


3. Adicionar os restantes ingredientes e programar 30Seg./Vel.3


4. Ligar o forno a 180º e untar uma forma para Tartes, usei a Forma Anti-Aderente Tarte Canelada de fundo solto da Metalúrgica Bakeware, SA
Verter o preparado para a forma.


5. Levar ao forno e baixar a temperatura para 150º, deixar cozer 40Min.
Desligar o forno e deixar a Tarte dentro do forno mais 10Min. SEM TEMPERATURA.


6. Desenformar depois de totalmente fria e decorar com açúcar em pó.
Aconselho o uso de um passador pequeno para que consigam obter uma camada fina e branca por cima.
















Doce de Chila...

Este doce ocupa o Nº1 nas minhas preferências, é o melhor de todos, na minha humilde opinião.
O meu Bolo de Aniversário tem que ter obrigatoriamente doce de ovos e Doce de Chila como parte do recheio!
Umas das minhas tartes preferidas, a Tarte de Feijão também tem a chila, o meu bolo de Noiva, também teve chila, assim como o nosso Bolo Rei de Alfarroba tem a chila e podia continuar a enumerar tantas e tantas receitas com este doce e iria ter aqui uma lista...quase sem fim!
Bom, mas o Doce de Chila é um doce trabalhoso, a receita já está AQUI mas desta vez decidi fazer nova publicação e porquê?
Porque desde a primeira vez que o fiz na Bimby, já o refiz várias vezes e cada vez que o faço sai sempre melhor.
O dia de hoje não foi exceção e como tal quis partilhar convosco para que também pudessem comparar a evolução. ;)


Ingredientes:
1 Abóbora Chila
Açúcar (o mesmo peso da Chila depois de cozida e escorrida)
1 limão partido em 4 partes
2 paus de Canela Suldouro
2c. sobremesa Flor de Sal, Salinas Corredor do Sol
1L água
Preparação:
1. Colocar a chila dentro de um saco de plástico e atirar ao chão, com força, até se partir em pedaços.
Diz-se que devemos evitar o contacto direto da polpa com metais, pelo que se desaconselho o uso de facas.


2. Com as mãos, separar os pedaços, retirar a casca na totalidade, as pevides e a "espinha", de cor amarelada que está entre a polpa.



3. Lavar muito bem em água corrente e deixar escorrer. Podem utilizar o cesto da Bimby para o efeito.
Com os pedaços já escorridos, pesar.
Dividi pelas 2 Bimbys: TM5 - 1,300g TM31 - 1,050g
Na TM5, adicionei 1L de água; na TM31, apenas 750ml
Em ambas, 1 limão e 1c. de sobremesa de Sal.
Programar 45Min./100º/Vel.1


4. Retirar do copo da base e rejeitar a água.
Escorrer bem.



Depois de escorrida, pesar e reservar. Obtive 1,480g de Chila cozida.
5. No copo da Bimby, deitar 400ml de água, a mesma quantidade de açúcar do peso final da Chila. Neste caso, deitei 1,500g de Açúcar e os 2 paus de Canela, Suldouro.
Os quais vêm em sacos de abertura fácil e cujo fecho é reutilizável, de forma a que o produto se mantenha nas devidas condições.
Suldouro, símbolo de qualidade! Eu recomendo!



Programar 45Min./Varoma/Vel.2, SEM o copo medida.



6. Enquanto a TM5 trata da calda de açúcar, a TM31 tem também uma função: desfiar os pedaços da Chila cozida.
Colocar Chila no copo, cerca de 400g e programar 10Seg./Inversa/Vel.5
Reservar e repetir para toda a Chila.


7. À calda de açúcar, adicionar a Chila desfiada.
Com a espátula, envolver muito bem.
Programar 30Min./Varoma/Vel.1 e substituir o copo medida pelo cesto.
A meio da cozedura, parar a Bimby e mexer bem.


No final do tempo programado, verificar a consistência do mesmo e ajustar ao vosso gosto.
Se estiver muito líquido, programar mais 10-15Min.
Distribuir o doce por frascos esterilizados, fechar e arrefecer à temperatura ambiente.






Dica: Secar as sementes da Chila no forno e guardar em frascos fechados.
São ótimas consumidas como um snack, mas também em saladas ou iogurtes. 

Sabiam que:
Se fizerem este doce em pleno Inverno, devem deixá-lo dormir à geada durante uma noite (dentro dos frascos e já fechados), assim a sua conservação será ainda mais duradoura. ;)



 



Doce de Chila...

Este doce ocupa o Nº1 nas minhas preferências, é o melhor de todos, na minha humilde opinião.
O meu Bolo de Aniversário tem que ter obrigatoriamente doce de ovos e Doce de Chila como parte do recheio!
Umas das minhas tartes preferidas, a Tarte de Feijão também tem a chila, o meu bolo de Noiva, também teve chila, assim como o nosso Bolo Rei de Alfarroba tem a chila e podia continuar a enumerar tantas e tantas receitas com este doce e iria ter aqui uma lista...quase sem fim!
Bom, mas o Doce de Chila é um doce trabalhoso, a receita já está AQUI mas desta vez decidi fazer nova publicação e porquê?
Porque desde a primeira vez que o fiz na Bimby, já o refiz várias vezes e cada vez que o faço sai sempre melhor.
O dia de hoje não foi exceção e como tal quis partilhar convosco para que também pudessem comparar a evolução. ;)


Ingredientes:
1 Abóbora Chila
Açúcar (o mesmo peso da Chila depois de cozida e escorrida)
1 limão partido em 4 partes
2 paus de Canela Suldouro
2c. sobremesa Flor de Sal, Salinas Corredor do Sol
1L água
Preparação:
1. Colocar a chila dentro de um saco de plástico e atirar ao chão, com força, até se partir em pedaços.
Diz-se que devemos evitar o contacto direto da polpa com metais, pelo que se desaconselho o uso de facas.


2. Com as mãos, separar os pedaços, retirar a casca na totalidade, as pevides e a "espinha", de cor amarelada que está entre a polpa.



3. Lavar muito bem em água corrente e deixar escorrer. Podem utilizar o cesto da Bimby para o efeito.
Com os pedaços já escorridos, pesar.
Dividi pelas 2 Bimbys: TM5 - 1,300g TM31 - 1,050g
Na TM5, adicionei 1L de água; na TM31, apenas 750ml
Em ambas, 1 limão e 1c. de sobremesa de Sal.
Programar 45Min./100º/Vel.1


4. Retirar do copo da base e rejeitar a água.
Escorrer bem.



Depois de escorrida, pesar e reservar. Obtive 1,480g de Chila cozida.
5. No copo da Bimby, deitar 400ml de água, a mesma quantidade de açúcar do peso final da Chila. Neste caso, deitei 1,500g de Açúcar e os 2 paus de Canela, Suldouro.
Os quais vêm em sacos de abertura fácil e cujo fecho é reutilizável, de forma a que o produto se mantenha nas devidas condições.
Suldouro, símbolo de qualidade! Eu recomendo!



Programar 45Min./Varoma/Vel.2, SEM o copo medida.



6. Enquanto a TM5 trata da calda de açúcar, a TM31 tem também uma função: desfiar os pedaços da Chila cozida.
Colocar Chila no copo, cerca de 400g e programar 10Seg./Inversa/Vel.5
Reservar e repetir para toda a Chila.


7. À calda de açúcar, adicionar a Chila desfiada.
Com a espátula, envolver muito bem.
Programar 30Min./Varoma/Vel.1 e substituir o copo medida pelo cesto.
A meio da cozedura, parar a Bimby e mexer bem.


No final do tempo programado, verificar a consistência do mesmo e ajustar ao vosso gosto.
Se estiver muito líquido, programar mais 10-15Min.
Distribuir o doce por frascos esterilizados, fechar e arrefecer à temperatura ambiente.






Dica: Secar as sementes da Chila no forno e guardar em frascos fechados.
São ótimas consumidas como um snack, mas também em saladas ou iogurtes. 

Sabiam que:
Se fizerem este doce em pleno Inverno, devem deixá-lo dormir à geada durante uma noite (dentro dos frascos e já fechados), assim a sua conservação será ainda mais duradoura. ;)



 



Panquecas Americanas...

Já tenho 2 receitas de panquecas no Blog: AQUI e numa versão mais saudável, AQUI mas hoje, decidi fazer uma receitinha nova e esta...é a melhor que já experimentei até hoje!
São umas Panquecas: deliciosas, altas e fofas e a partir de hoje passam a ocupar o Nº 1 do meu TOP de preferências.
Experimentem!


Ingredientes (rende 12):
200g de farinha T55
1c. sobremesa de fermento em pó para bolos
35g açúcar
2 ovos
20ml óleo de girassol
300 ml de leite
Preparação:
1. Separar as claras das gemas e bater as claras em castelo.
Como são apenas 2, utilizei a velha batedeira com a ajuda preciosa da minha filha Renata.
Reservar.
 

2. No copo, deitar os restantes ingredientes. Programar 30Seg./Vel.3
 

3. Adicionar o preparado às claras em castelo reservadas e envolver com uma vara de arames, delicadamente.
 

4.  Numa frigideira, deitar um pouco de azeite ou óleo (apenas o suficiente para barrar o fundo) e deixar aquecer.  
Com uma concha, deitar a massa na frigideira, sem espalhar.
Quando a massa começar a ficar com buraquinhos à superfície, virar com uma espátula e deixar a dourar do outro lado.
Repetir até terminar.





5. Depois de prontas podem comer simples, adicionar compotas, mel, chocolate derretido, frutas ou iogurtes.
O importante, mesmo, é saborear cada dentada!



 

Panquecas Americanas...

Já tenho 2 receitas de panquecas no Blog: AQUI e numa versão mais saudável, AQUI mas hoje, decidi fazer uma receitinha nova e esta...é a melhor que já experimentei até hoje!
São umas Panquecas: deliciosas, altas e fofas e a partir de hoje passam a ocupar o Nº 1 do meu TOP de preferências.
Experimentem!


Ingredientes (rende 12):
200g de farinha T55
1c. sobremesa de fermento em pó para bolos
35g açúcar
2 ovos
20ml óleo de girassol
300 ml de leite
Preparação:
1. Separar as claras das gemas e bater as claras em castelo.
Como são apenas 2, utilizei a velha batedeira com a ajuda preciosa da minha filha Renata.
Reservar.
 

2. No copo, deitar os restantes ingredientes. Programar 30Seg./Vel.3
 

3. Adicionar o preparado às claras em castelo reservadas e envolver com uma vara de arames, delicadamente.
 

4.  Numa frigideira, deitar um pouco de azeite ou óleo (apenas o suficiente para barrar o fundo) e deixar aquecer.  
Com uma concha, deitar a massa na frigideira, sem espalhar.
Quando a massa começar a ficar com buraquinhos à superfície, virar com uma espátula e deixar a dourar do outro lado.
Repetir até terminar.





5. Depois de prontas podem comer simples, adicionar compotas, mel, chocolate derretido, frutas ou iogurtes.
O importante, mesmo, é saborear cada dentada!



 

O que fazer para seguir o Simply by Cristina...no Facebook!



O Facebook está a mudar, consequentemente esta rede social vai passar a privilegiar as publicações feitas em páginas pessoais em detrimento do que é publicado nas contas oficiais. 
Isto quer dizer que, no vosso Feed (página inicial) vai ser mais comum encontrar publicações dos vossos amigos e familiares do que de páginas como a do "Simply by Cristina".
O Facebook pretende, deste modo, valorizar as publicações pessoais e esta parece ser a estratégia a ser usada.
Assim, e para que não percam as partilhas na página, explico o que poderão fazer para continuar a receber as minhas receitinhas preferidas.
O primeiro passo é aceder à página oficial do Facebook do Simply by Cristina.
No vosso computador, utilizem o browser, já nos periféricos móveis deverão aceder pela app oficial.
Depois deverão passar o cursor por cima da opção GOSTO. Surgirá uma caixa com várias opções e deverão clicar em "Ver primeiro".
Em seguida voltar a fazer um clique, mas desta vez em cima do lápis e irá abrir um conjunto de opções.
De seguida, devem escolher as opções que pretendem ter ativas. Depois de feita essa seleção irão continuar a receber todas as atualizações do Facebook do Simply by Cristina.
 
 Instruções detalhadas: 
  • Aceder à página oficial do Facebook do Simply by Cristina
  • Clicar em “Ver primeiro”;
  • Clicar em cima do lápis e irá abrir um conjunto de opções;
  • Aqui deverão escolher as opções que pretendem ter ativas.

OBRIGADA! ;)

O que fazer para seguir o Simply by Cristina...no Facebook!



O Facebook está a mudar, consequentemente esta rede social vai passar a privilegiar as publicações feitas em páginas pessoais em detrimento do que é publicado nas contas oficiais. 
Isto quer dizer que, no vosso Feed (página inicial) vai ser mais comum encontrar publicações dos vossos amigos e familiares do que de páginas como a do "Simply by Cristina".
O Facebook pretende, deste modo, valorizar as publicações pessoais e esta parece ser a estratégia a ser usada.
Assim, e para que não percam as partilhas na página, explico o que poderão fazer para continuar a receber as minhas receitinhas preferidas.
O primeiro passo é aceder à página oficial do Facebook do Simply by Cristina.
No vosso computador, utilizem o browser, já nos periféricos móveis deverão aceder pela app oficial.
Depois deverão passar o cursor por cima da opção GOSTO. Surgirá uma caixa com várias opções e deverão clicar em "Ver primeiro".
Em seguida voltar a fazer um clique, mas desta vez em cima do lápis e irá abrir um conjunto de opções.
De seguida, devem escolher as opções que pretendem ter ativas. Depois de feita essa seleção irão continuar a receber todas as atualizações do Facebook do Simply by Cristina.
 
 Instruções detalhadas: 
  • Aceder à página oficial do Facebook do Simply by Cristina
  • Clicar em “Ver primeiro”;
  • Clicar em cima do lápis e irá abrir um conjunto de opções;
  • Aqui deverão escolher as opções que pretendem ter ativas.

OBRIGADA! ;)

Suldouro - Navires... Parceria!

A partir de Canelas, em V. N. de Gaia, a Navires tem uma equipa dedicada e especializada, seleciona as melhores origens e os melhores produtos, para depois de devidamente embalados, os levar até aos seus clientes.
Para esta empresa, um produto Suldouro, quer seja Especiarias ou Ervas Aromáticas, Leguminosas secas ou cozinhadas, Coco ou Pão Ralado, Cogumelos ou Fruta em lata, significa que obedece a parâmetros de Qualidade superior e dos quais não abdicam.



A Navires nasceu em 8 de Setembro de 1971 e desde então, na Navires trabalha-se para responder às necessidades e expectativas dos seus consumidores. No dia dia, esta filosofia traduz-se pelo estrito cumprimento de regras que garantem um processo de embalamento e comercialização com total qualidade.


 Hoje, chegaram a minha casa, algumas amostras dos produtos oferecidas pela Suldouro as quais agradeço e com estas irei certamente fazer algumas receitas.
Muito obrigada!


Para melhor conhecerem esta empresa e os seus produtos aconselho a visita:
Página oficial  Suldouro Navires
Site: http://navires.pt/



Suldouro - Navires... Parceria!

A partir de Canelas, em V. N. de Gaia, a Navires tem uma equipa dedicada e especializada, seleciona as melhores origens e os melhores produtos, para depois de devidamente embalados, os levar até aos seus clientes.
Para esta empresa, um produto Suldouro, quer seja Especiarias ou Ervas Aromáticas, Leguminosas secas ou cozinhadas, Coco ou Pão Ralado, Cogumelos ou Fruta em lata, significa que obedece a parâmetros de Qualidade superior e dos quais não abdicam.



A Navires nasceu em 8 de Setembro de 1971 e desde então, na Navires trabalha-se para responder às necessidades e expectativas dos seus consumidores. No dia dia, esta filosofia traduz-se pelo estrito cumprimento de regras que garantem um processo de embalamento e comercialização com total qualidade.


 Hoje, chegaram a minha casa, algumas amostras dos produtos oferecidas pela Suldouro as quais agradeço e com estas irei certamente fazer algumas receitas.
Muito obrigada!


Para melhor conhecerem esta empresa e os seus produtos aconselho a visita:
Página oficial  Suldouro Navires
Site: http://navires.pt/