Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Simplesmente a pura partilha de sabores e afetos...

Simply by Cristina

Simplesmente a pura partilha de sabores e afetos...

Bolo de Domingo...

Um bolinho simples para o lanche de Domingo, satisfaz sempre a minha família.
Hoje, num dia de Outono que mais parece um dia de Verão, o cheiro a bolo acabado de sair do forno perfuma toda a casa.
Ainda morno, alguém já lhe roubou uma fatia e não fui eu... :D


Ingredientes:
1 Laranja
2 ovos
250g açúcar
80g óleo de girassol
300g farinha
1c. chá de fermento para bolos
Preparação:
1. Retirar a casca da laranja o mais fino possível.
Remover a parte branca da laranja, cortar em 4 partes iguais.
Remover os caroços.
2. No copo deitar as cascas e os gomos da laranja. 10Seg./Vel.9
3. Adicionar o óleo e o açúcar. 1Min./Vel.9
4. Adicionar os ovos 1Min./37º/Vel.3


5. Adicionar a farinha e o fermento. 20Seg./Vel.3


6. Untar uma forma da Metalúrgica Bakeware Production, s.a. Pão de Ló com cano
Verter o preparado.


7. Levar ao forno pré-aquecido a 180º/45Min.
Retirar do forno e deixar a temperatura estabilizar cerca de 10Min.
Desenformar e servir numa Boleira Two Sides da ClementinAtelier
Acompanhar com um chá quente ou fresco ;)





Bolo de Domingo...

Um bolinho simples para o lanche de Domingo, satisfaz sempre a minha família.
Hoje, num dia de Outono que mais parece um dia de Verão, o cheiro a bolo acabado de sair do forno perfuma toda a casa.
Ainda morno, alguém já lhe roubou uma fatia e não fui eu... :D


Ingredientes:
1 Laranja
2 ovos
250g açúcar
80g óleo de girassol
300g farinha
1c. chá de fermento para bolos
Preparação:
1. Retirar a casca da laranja o mais fino possível.
Remover a parte branca da laranja, cortar em 4 partes iguais.
Remover os caroços.
2. No copo deitar as cascas e os gomos da laranja. 10Seg./Vel.9
3. Adicionar o óleo e o açúcar. 1Min./Vel.9
4. Adicionar os ovos 1Min./37º/Vel.3


5. Adicionar a farinha e o fermento. 20Seg./Vel.3


6. Untar uma forma da Metalúrgica Bakeware Production, s.a. Pão de Ló com cano
Verter o preparado.


7. Levar ao forno pré-aquecido a 180º/45Min.
Retirar do forno e deixar a temperatura estabilizar cerca de 10Min.
Desenformar e servir numa Boleira Two Sides da ClementinAtelier
Acompanhar com um chá quente ou fresco ;)





Biscoito, Bolo ou Doce...

Não sabendo muito bem como lhe chamar, decidi usar os 3 nomes que já lhe atribuíram, ora pois!
O que eu sei e muito bem é que este Doce, já esteve presente à minha mesa inúmeras vezes e não há quem lhe resista.
Uma receita de origem humilde, pelos ingredientes utilizados, este doce é confecionado com pouquíssimos e banais ingredientes. Porém, as quantidades, o tempo de cozedura, a temperatura do forno a lenha e a especificidade dos ingredientes é que ditam a qualidade e o original sabor.
Este Biscoito, Bolo ou Doce caracteriza-se por ser escurinho, sempre na forma retangular, de sabor bastante adocicado e de aspeto robusto.
O seu sabor é único, raramente se consegue resistir a provar mais do que um pedaço, é viciante.
É um doce que não deve ser partido à faca, antes sim quebrado com a mão!
É feito à base de farinha, açúcar e raspa de limão.
Deve ser acompanhado de uma generosa fatia de queijo Amanteigado e um chávena grande de chá... Hummmm, delícia!

Ingredientes:
raspa de 1 Limão (podem adicionar também o sumo, se quiserem obter um sabor mais intenso, não o fiz)
500g açúcar Amarelo areado
500g farinha T55 sem fermento
250ml água fervida + 3c. sopa de mistura solúvel de cevada
1c. café bem cheia de Bicarbonato de sódio
Preparação:1. No copo deitar a casca de limão e 100g de açúcar. Programar 10Seg./Vel.9


 2. Adicionar o restante açúcar, a farinha e o bicarbonato.
Envolver 30Seg./Vel.4


3. Programar 2Min./Vel.3 e com a Bimby em movimento adicionar pelo bocal a Cevada morna.


4. Deixar a massa repousar cerca de 5Min.
5. Num tabuleiro untado, retangular, usei ESTE d' A Metalúrgica Bakeware Production, s.a. , deitar todo o preparado.


Levar ao forno de lenha em temperatura média, cerca de 30Min.
Se usarem o forno normal, 180º/ 30-35Min. ou até estar cozido.


No momento de servir, não se esqueçam, as facas ficam na gaveta.
Quebrar com as mãos, lavadinhas!











Biscoito, Bolo ou Doce...

Não sabendo muito bem como lhe chamar, decidi usar os 3 nomes que já lhe atribuíram, ora pois!
O que eu sei e muito bem é que este Doce, já esteve presente à minha mesa inúmeras vezes e não há quem lhe resista.
Uma receita de origem humilde, pelos ingredientes utilizados, este doce é confecionado com pouquíssimos e banais ingredientes. Porém, as quantidades, o tempo de cozedura, a temperatura do forno a lenha e a especificidade dos ingredientes é que ditam a qualidade e o original sabor.
Este Biscoito, Bolo ou Doce caracteriza-se por ser escurinho, sempre na forma retangular, de sabor bastante adocicado e de aspeto robusto.
O seu sabor é único, raramente se consegue resistir a provar mais do que um pedaço, é viciante.
É um doce que não deve ser partido à faca, antes sim quebrado com a mão!
É feito à base de farinha, açúcar e raspa de limão.
Deve ser acompanhado de uma generosa fatia de queijo Amanteigado e um chávena grande de chá... Hummmm, delícia!

Ingredientes:
raspa de 1 Limão (podem adicionar também o sumo, se quiserem obter um sabor mais intenso, não o fiz)
500g açúcar Amarelo areado
500g farinha T55 sem fermento
250ml água fervida + 3c. sopa de mistura solúvel de cevada
1c. café bem cheia de Bicarbonato de sódio
Preparação:1. No copo deitar a casca de limão e 100g de açúcar. Programar 10Seg./Vel.9


 2. Adicionar o restante açúcar, a farinha e o bicarbonato.
Envolver 30Seg./Vel.4


3. Programar 2Min./Vel.3 e com a Bimby em movimento adicionar pelo bocal a Cevada morna.


4. Deixar a massa repousar cerca de 5Min.
5. Num tabuleiro untado, retangular, usei ESTE d' A Metalúrgica Bakeware Production, s.a. , deitar todo o preparado.


Levar ao forno de lenha em temperatura média, cerca de 30Min.
Se usarem o forno normal, 180º/ 30-35Min. ou até estar cozido.


No momento de servir, não se esqueçam, as facas ficam na gaveta.
Quebrar com as mãos, lavadinhas!











ClementinAtelier - Cerâmica feita à mão...

Hoje, venho falar-vos e mostrar-vos 2 peças de cerâmica que adquiri.
Gosto de peças que me digam algo, que me sejam especiais e com as quais me identifique.
Estas são em tudo, aquilo que eu pretendia.


Há algum tempo que procurava uma Boleira, a oferta de mercado é muita e vasta, mas ainda não tinha encontrado aquela especial... Sim, ESPECIAL até que um dia dou de caras com a página de Facebook ClementinAtelier - Cerâmica feita á mão e a Boleira estava lá e foi assim uma paixão à primeira vista.
Linda, perfeita, delicada e versátil: a Boleira Two Sides permite duas opções no seu uso.



Difícil, mesmo foi limitar as minhas aquisições e resistir, porque gostava imenso de ter comprado uma peça de cada. :D
São tão lindas, tão delicadas e com tanto significado, quer para a Rita com quem conversei bastante acerca das peças, do meu pedido, das cores...enfim, quer para mim.
Numa destas conversas a Rita apresentou-me possibilidades de escolha e mal referiu a coleção Renda, soube que era esta a que eu iria querer.
Depois de escolhida a cor Azul, o modelo, não resisti e fiz acompanhar da Boleira uma belíssima Tábua de Servir da Colorful Embroidery Collection da mesma cor. 


A ClementinAtelier nasceu em 2014, pela mão da talentosa Ana Rita Machado, licenciada em Design de Cerâmica e Vidro, fruto da sua paixão pelo ensino e pela cerâmica. 


Todo o processo das suas peças é feito manualmente.
Para além das suas criações que fazem parte de coleções,
desenvolve ainda peças personalizadas e exclusivas peças de autor.


Mas, na Clementina também se partilha a paixão pela cerâmica através de workshops temáticos ou através de aulas particulares para aqueles que têm curiosidade em pôr a "mão na massa".
Recomendo e só tenho pena de estar tão longe, porque estaria lá com toda a certeza!


Querida Rita, 
OBRIGADA por todo o seu empenho, profissionalismo e dedicação para satisfazer os meus pedidos.
Fico-lhe muito grata por todo o carinho, pois sabe o quanto estas peças significam para mim, portanto resta-me desejar-lhe o maior dos sucessos.

Contactos:
Morada: Av. Magalhães Lima nº6 r/c dto
1000-197 Lisboa


ClementinAtelier - Cerâmica feita à mão...

Hoje, venho falar-vos e mostrar-vos 2 peças de cerâmica que adquiri.
Gosto de peças que me digam algo, que me sejam especiais e com as quais me identifique.
Estas são em tudo, aquilo que eu pretendia.


Há algum tempo que procurava uma Boleira, a oferta de mercado é muita e vasta, mas ainda não tinha encontrado aquela especial... Sim, ESPECIAL até que um dia dou de caras com a página de Facebook ClementinAtelier - Cerâmica feita á mão e a Boleira estava lá e foi assim uma paixão à primeira vista.
Linda, perfeita, delicada e versátil: a Boleira Two Sides permite duas opções no seu uso.



Difícil, mesmo foi limitar as minhas aquisições e resistir, porque gostava imenso de ter comprado uma peça de cada. :D
São tão lindas, tão delicadas e com tanto significado, quer para a Rita com quem conversei bastante acerca das peças, do meu pedido, das cores...enfim, quer para mim.
Numa destas conversas a Rita apresentou-me possibilidades de escolha e mal referiu a coleção Renda, soube que era esta a que eu iria querer.
Depois de escolhida a cor Azul, o modelo, não resisti e fiz acompanhar da Boleira uma belíssima Tábua de Servir da Colorful Embroidery Collection da mesma cor. 


A ClementinAtelier nasceu em 2014, pela mão da talentosa Ana Rita Machado, licenciada em Design de Cerâmica e Vidro, fruto da sua paixão pelo ensino e pela cerâmica. 


Todo o processo das suas peças é feito manualmente.
Para além das suas criações que fazem parte de coleções,
desenvolve ainda peças personalizadas e exclusivas peças de autor.


Mas, na Clementina também se partilha a paixão pela cerâmica através de workshops temáticos ou através de aulas particulares para aqueles que têm curiosidade em pôr a "mão na massa".
Recomendo e só tenho pena de estar tão longe, porque estaria lá com toda a certeza!


Querida Rita, 
OBRIGADA por todo o seu empenho, profissionalismo e dedicação para satisfazer os meus pedidos.
Fico-lhe muito grata por todo o carinho, pois sabe o quanto estas peças significam para mim, portanto resta-me desejar-lhe o maior dos sucessos.

Contactos:
Morada: Av. Magalhães Lima nº6 r/c dto
1000-197 Lisboa


Bolo Beirão...

Sempre que há festa de aniversário, há bolo, há receita nova e há a celebração de uma vida!
O meu pai fez anos e eu fiz-lhe um bolo, claro está!
Um bolo simples, mas com 2 ingredientes que ele e eu adoramos: Licor Beirão e Ananás, juntos deram origem a um bolo fresco e aromático que estava delicioso.



Ingredientes:
Para o Bolo:

6 ovos
250g farinha T55
1c. chá de fermento para bolos
250g açúcar
25ml de Licor Beirão
1 lata de Ananás em rodelas
Para o creme de recheio:
2 ovos
300ml leite
20ml Licor Beirão
15g Amido de Milho
60g açúcar
Cobertura Buttercream:
150g manteiga à temperatura ambiente
200g açúcar em pó
1c. chá de aroma de baunilha
1c. café de Corante azul (opcional)
Para decorar:
Amoras Silvestres
Pérolas
Coco ralado
Preparação:
No dia anterior fazer o Creme de Recheio:
1. Deita no copo o Açúcar e pulverizar. 10Seg./Vel.9
Adicionar os restantes ingredientes e programar 6Min./90º/Vel.4
2. Deitar num recipiente de vidro, colocar película aderente de modo a que esta toque no creme.
Deixar arrefecer à temperatura ambiente e depois levar ao frigorífico.
No dia anterior fazer o Buttercream:
1. No copo colocar 200g de açúcar. Programar 20Seg./Vel.9
2. Adicionar a manteiga e misturar para que a manteiga se transforme num creme fofo.
3Min./Vel.3
Adicionar a meio o aroma de baunilha.
4. Como eu pretendia que uma parte do creme fosse azul claro e outro ligeiramente mais escuro, retirei um pedaço de Buttercream e reservei.
Adicionar umas gotas de corante e envolver.
Na outra parte, adicionei mais gotas de corante azul e envolvi com uma espátula até adquirir a cor pretendida, mais escura.
Reservar no frigorífico.
Bolo:
1. Colocar no copo 2 rodelas de Ananás e programar 20Seg./Vel.5
Inserir a borboleta e adicionar o Licor, os ovos e o açúcar. 8Min./37º/Vel.3
2. Adicionar a farinha e o fermento. 20Seg./Vel.3
3. Pré-aquecer o forno a 180º
4. Untar uma forma e verter o preparado.
Levar ao forno durante 30Min.
5. Retirar do forno, deixar a temperatura estabilizar por 5Min.
Desenformar.
Montagem do Bolo Beirão:
1. Depois de completamente frio, cortar o bolo a meio.
Regar cada uma das partes com 5 colheres de sopa de sumo da lata de Ananás.
Partir as rodelas de Ananás a meio e preencher a base do bolo, na totalidade.



2. Por cima do ananás, deitar o Creme e tapar toda a superfície.


3. Colocar a outra metade do bolo reservada.


4. Barrar todo o bolo com o Buttercream e decorar a gosto.







 Depois de decorado o Bolo deverá ser reservado em lugar fresco ou no frigorífico.

Sugestão:
Podem substituir o Ananás por outra fruta em calda a gosto.


Bolo Beirão...

Sempre que há festa de aniversário, há bolo, há receita nova e há a celebração de uma vida!
O meu pai fez anos e eu fiz-lhe um bolo, claro está!
Um bolo simples, mas com 2 ingredientes que ele e eu adoramos: Licor Beirão e Ananás, juntos deram origem a um bolo fresco e aromático que estava delicioso.



Ingredientes:
Para o Bolo:

6 ovos
250g farinha T55
1c. chá de fermento para bolos
250g açúcar
25ml de Licor Beirão
1 lata de Ananás em rodelas
Para o creme de recheio:
2 ovos
300ml leite
20ml Licor Beirão
15g Amido de Milho
60g açúcar
Cobertura Buttercream:
150g manteiga à temperatura ambiente
200g açúcar em pó
1c. chá de aroma de baunilha
1c. café de Corante azul (opcional)
Para decorar:
Amoras Silvestres
Pérolas
Coco ralado
Preparação:
No dia anterior fazer o Creme de Recheio:
1. Deita no copo o Açúcar e pulverizar. 10Seg./Vel.9
Adicionar os restantes ingredientes e programar 6Min./90º/Vel.4
2. Deitar num recipiente de vidro, colocar película aderente de modo a que esta toque no creme.
Deixar arrefecer à temperatura ambiente e depois levar ao frigorífico.
No dia anterior fazer o Buttercream:
1. No copo colocar 200g de açúcar. Programar 20Seg./Vel.9
2. Adicionar a manteiga e misturar para que a manteiga se transforme num creme fofo.
3Min./Vel.3
Adicionar a meio o aroma de baunilha.
4. Como eu pretendia que uma parte do creme fosse azul claro e outro ligeiramente mais escuro, retirei um pedaço de Buttercream e reservei.
Adicionar umas gotas de corante e envolver.
Na outra parte, adicionei mais gotas de corante azul e envolvi com uma espátula até adquirir a cor pretendida, mais escura.
Reservar no frigorífico.
Bolo:
1. Colocar no copo 2 rodelas de Ananás e programar 20Seg./Vel.5
Inserir a borboleta e adicionar o Licor, os ovos e o açúcar. 8Min./37º/Vel.3
2. Adicionar a farinha e o fermento. 20Seg./Vel.3
3. Pré-aquecer o forno a 180º
4. Untar uma forma e verter o preparado.
Levar ao forno durante 30Min.
5. Retirar do forno, deixar a temperatura estabilizar por 5Min.
Desenformar.
Montagem do Bolo Beirão:
1. Depois de completamente frio, cortar o bolo a meio.
Regar cada uma das partes com 5 colheres de sopa de sumo da lata de Ananás.
Partir as rodelas de Ananás a meio e preencher a base do bolo, na totalidade.



2. Por cima do ananás, deitar o Creme e tapar toda a superfície.


3. Colocar a outra metade do bolo reservada.


4. Barrar todo o bolo com o Buttercream e decorar a gosto.







 Depois de decorado o Bolo deverá ser reservado em lugar fresco ou no frigorífico.

Sugestão:
Podem substituir o Ananás por outra fruta em calda a gosto.


Baguetes de Beterraba...

Hoje, celebra-se o World Bread Day 2016 e claro eu também me juntei a esta comunidade que reúne Bloggers de todo o mundo, na confeção de um Pão para este dia.
O meu contributo foram as Baguetes de Beterraba, com uma cor linda em tons de rosa, uma crosta crocante e um miolo fofo.
Para mim, o Pão caseiro é, sem dúvida alguma, o melhor que se pode comer, seja ele qual for não concordam?
São só vantagens!
Ao fazermos o nosso próprio pão, sabemos quais os ingredientes que o constituem, além de ser mais saudável, nutritivo, é mais económico e sempre a nosso gosto!
E vocês já fizeram Pão?


Ingredientes:
220g beterraba cozida (se a cozerem em casa, guardem a água da cozedura para o pão)
250g farinha de Arroz
320g farinha Integral
300ml água (podem usar a da cozedura da beterraba)
11g FERMIPAN OU 25g fermento fresco de padeiro
20g azeite
1c. sopa de Vinagre branco ou de Sidra (vai ajudar a fixar a cor)
1c. chá de açúcar
1c. chá de Flor de Sal Salinas CORREDOR DO SOL

Preparação:
1. No copo da Bimby colocar a água, o fermento, o sal, o açúcar.
Programar 2Min./37º/Vel.2
2. Adicionar a beterraba cozida e triturar 7Seg./Vel.5
3. Adicionar as farinhas e o vinagre. 2Min./Espiga


4. Retirar a massa do copo e moldar a massa em baguetes.
Colocar na Placa 3 Baguetes  d'A Metalúrgica Bakeware Production, s.a.


5. Deixar a massa repousar 15Min.
Levar ao forno a 200º/ 20Min. ou até estarem cozidas.





Baguetes de Beterraba...

Hoje, celebra-se o World Bread Day 2016 e claro eu também me juntei a esta comunidade que reúne Bloggers de todo o mundo, na confeção de um Pão para este dia.
O meu contributo foram as Baguetes de Beterraba, com uma cor linda em tons de rosa, uma crosta crocante e um miolo fofo.
Para mim, o Pão caseiro é, sem dúvida alguma, o melhor que se pode comer, seja ele qual for não concordam?
São só vantagens!
Ao fazermos o nosso próprio pão, sabemos quais os ingredientes que o constituem, além de ser mais saudável, nutritivo, é mais económico e sempre a nosso gosto!
E vocês já fizeram Pão?


Ingredientes:
220g beterraba cozida (se a cozerem em casa, guardem a água da cozedura para o pão)
250g farinha de Arroz
320g farinha Integral
300ml água (podem usar a da cozedura da beterraba)
11g FERMIPAN OU 25g fermento fresco de padeiro
20g azeite
1c. sopa de Vinagre branco ou de Sidra (vai ajudar a fixar a cor)
1c. chá de açúcar
1c. chá de Flor de Sal Salinas CORREDOR DO SOL

Preparação:
1. No copo da Bimby colocar a água, o fermento, o sal, o açúcar.
Programar 2Min./37º/Vel.2
2. Adicionar a beterraba cozida e triturar 7Seg./Vel.5
3. Adicionar as farinhas e o vinagre. 2Min./Espiga


4. Retirar a massa do copo e moldar a massa em baguetes.
Colocar na Placa 3 Baguetes  d'A Metalúrgica Bakeware Production, s.a.


5. Deixar a massa repousar 15Min.
Levar ao forno a 200º/ 20Min. ou até estarem cozidas.





Pág. 1/3