Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Pastel de Cereja...

Se cá pelo Blog já se passeiam várias receitas de Pastel de Nata, mais uma é sempre bem-vinda, certo?
Desde os simples Pastéis de Nata , à Tarte de Nata e a versão Pastel Maçãnata que eu adoro, junta-se agora este pedacinho do Céu de Cereja de Resende...
Depois de algum tempo em que as partilhas de novas experiências abrandaram, não há nada melhor que estar de regresso com uma maravilha deste calibre.
As Cerejas...esses frutos pequenos e arredondados de várias cores, sendo o vermelho a mais comum entre as variedades comestíveis.
A cereja-doce, de polpa macia e suculenta, é servida ao natural, como sobremesa e acreditem por esta altura eu já devorei uns quantos quilos, assim mesmo, ao natural.
É, assim, um tirar a barriga de misérias e depois... é aproveitar para fazer sobremesas novas, doces e afins!
A sugestão de hoje, poderá fazer lembrar um doce regional do Fundão, mas nada tem a ver com a sua confeção se bem que essa receita também já foi testada por mim e a sua publicação está para breve!
Até lá, fiquem com esta, pois tenho a certeza que vão gostar!


Ingredientes:
Doce de Cereja
2 bases de massa folhada
Creme de Nata:
100g açúcar
40g Amido de Milho, MAIZENA
3 gemas
500ml de Leite
30ml de Licor de Cereja, Quinta da Pisca
Cerejas para decorar
Açúcar em pó, q.b.
Canela em pó, Suldouro Navires q.b.
Preparação:
1. Começar por preparar o Doce de Cereja.
(Clicar no link acima nos ingredientes)


2. Abrir as placas de massa folhada e sobrepor um sob a outra.
Enrolar, de forma a obter um rolo.
3. Cortar em rodelas com 2cm de grossura.
4. Numa placa para 12 Muffins d' A Metalúrgica Bakeware Production, s.a. , colocar cada uma das rodelas e preencher todo o espaço das formas individuais da placa.


5. Deitar no fundo de cada forma, Doce de Cereja de forma a preencher todo o fundo.


6. No copo da Bimby, deitar todos os ingredientes do Creme de Nata.
Programar 6Min./90º/Vel.2
Deitar o creme de forma a preencher toda a base do pastel.


7. Levar ao forno a 180º/15Min.
Depois aumentar para 210º até tostar.


8. Polvilhar com açúcar em pó e canela e servir mornos.
Frios também são uma delícia!





Pastel de Cereja...

Se cá pelo Blog já se passeiam várias receitas de Pastel de Nata, mais uma é sempre bem-vinda, certo?
Desde os simples Pastéis de Nata , à Tarte de Nata e a versão Pastel Maçãnata que eu adoro, junta-se agora este pedacinho do Céu de Cereja de Resende...
Depois de algum tempo em que as partilhas de novas experiências abrandaram, não há nada melhor que estar de regresso com uma maravilha deste calibre.
As Cerejas...esses frutos pequenos e arredondados de várias cores, sendo o vermelho a mais comum entre as variedades comestíveis.
A cereja-doce, de polpa macia e suculenta, é servida ao natural, como sobremesa e acreditem por esta altura eu já devorei uns quantos quilos, assim mesmo, ao natural.
É, assim, um tirar a barriga de misérias e depois... é aproveitar para fazer sobremesas novas, doces e afins!
A sugestão de hoje, poderá fazer lembrar um doce regional do Fundão, mas nada tem a ver com a sua confeção se bem que essa receita também já foi testada por mim e a sua publicação está para breve!
Até lá, fiquem com esta, pois tenho a certeza que vão gostar!


Ingredientes:
Doce de Cereja
2 bases de massa folhada
Creme de Nata:
100g açúcar
40g Amido de Milho, MAIZENA
3 gemas
500ml de Leite
30ml de Licor de Cereja, Quinta da Pisca
Cerejas para decorar
Açúcar em pó, q.b.
Canela em pó, Suldouro Navires q.b.
Preparação:
1. Começar por preparar o Doce de Cereja.
(Clicar no link acima nos ingredientes)


2. Abrir as placas de massa folhada e sobrepor um sob a outra.
Enrolar, de forma a obter um rolo.
3. Cortar em rodelas com 2cm de grossura.
4. Numa placa para 12 Muffins d' A Metalúrgica Bakeware Production, s.a. , colocar cada uma das rodelas e preencher todo o espaço das formas individuais da placa.


5. Deitar no fundo de cada forma, Doce de Cereja de forma a preencher todo o fundo.


6. No copo da Bimby, deitar todos os ingredientes do Creme de Nata.
Programar 6Min./90º/Vel.2
Deitar o creme de forma a preencher toda a base do pastel.


7. Levar ao forno a 180º/15Min.
Depois aumentar para 210º até tostar.


8. Polvilhar com açúcar em pó e canela e servir mornos.
Frios também são uma delícia!





Doce de Cereja...

Adoro Cerejas!
Anseio por elas quase todo o ano e finalmente elas chegaram a minha casa em grande quantidade!
A receita que vos apresento hoje, já tem algumas versões no Blog, AQUI e AQUI , mas a de hoje tem nova uma versão.
Para além da Bimby, tive um novo utensílio para me ajudar nesta tarefa: o Descaroçador manual de Cerejas.
Nas versões anteriores deste doce que já vos facultei acima o link, fiz de forma diferente, mas como gosto de experimentar coisas novas este foi um desses exemplos e claro quis registar aqui no blog.
As Cerejas que utilizei são provenientes das Delícias Vale do Douro - Resende.
Enormes, docinhas e tão perfeitas!
Resende é a Capital da Cereja.
Na verdade, devido ao seu micro-clima especial em que se desenvolve, a Cereja  tem a particularidade de amadurecer cerca de duas a três semanas antes do que em toda a Europa.
A Cereja de Resende é conhecida e apreciada por todo o País e no Estrangeiro devido ao seu sabor e à sua extraordinária qualidade.
Resende, para quem não conhece, é um pequeno concelho do distrito de Viseu, que considera as suas cerejas como "um dom de Deus".
O concelho terá ganhado maior visibilidade devido ao Festival da Cereja, que se começou a realizar em 2002. E está para breve o deste ano!
O Festival da Cereja foi evoluindo, mas “sempre com a marca do sucesso associada”, sendo vendidas, nesse fim de semana do evento, cerca de 100 toneladas de Cereja.


Ingredientes:
1Kg de Cerejas,  Delícias Vale do Douro - Resende
500g Açúcar
Sumo de 1 Lima
Preparação:
Na TM31

1. Depois de lavadas as Cerejas, com a ajuda de um descaroçador, retirar os caroços das cerejas.


2. No copo da Bimby, inserir a borboleta.
Adicionar as cerejas descaroçadas e os restantes ingredientes.
Programar 15Min./90º/Vel.1
De seguida, 25Min./100º/Vel. Colher/Inversa


3. Depois do tempo findo, retirar do copo da Bimby e verter para frascos de vidro devidamente esterilizados.
Fechar de imediato e deixar arrefecer na totalidade.


Depois, é só servir numa bela fatia de Pão de Cevada
Delicioso!





Doce de Cereja...

Adoro Cerejas!
Anseio por elas quase todo o ano e finalmente elas chegaram a minha casa em grande quantidade!
A receita que vos apresento hoje, já tem algumas versões no Blog, AQUIAQUI , mas a de hoje tem nova uma versão.
Para além da Bimby, tive um novo utensílio para me ajudar nesta tarefa: o Descaroçador manual de Cerejas.
Nas versões anteriores deste doce que já vos facultei acima o link, fiz de forma diferente, mas como gosto de experimentar coisas novas este foi um desses exemplos e claro quis registar aqui no blog.
As Cerejas que utilizei são provenientes das Delícias Vale do Douro - Resende.
Enormes, docinhas e tão perfeitas!
Resende é a Capital da Cereja.
Na verdade, devido ao seu micro-clima especial em que se desenvolve, a Cereja  tem a particularidade de amadurecer cerca de duas a três semanas antes do que em toda a Europa.
A Cereja de Resende é conhecida e apreciada por todo o País e no Estrangeiro devido ao seu sabor e à sua extraordinária qualidade.
Resende, para quem não conhece, é um pequeno concelho do distrito de Viseu, que considera as suas cerejas como "um dom de Deus".
O concelho terá ganhado maior visibilidade devido ao Festival da Cereja, que se começou a realizar em 2002. E está para breve o deste ano!
O Festival da Cereja foi evoluindo, mas “sempre com a marca do sucesso associada”, sendo vendidas, nesse fim de semana do evento, cerca de 100 toneladas de Cereja.

 


Ingredientes:
1Kg de Cerejas,  Delícias Vale do Douro - Resende
500g Açúcar
Sumo de 1 Lima
Preparação:
Na TM31

1. Depois de lavadas as Cerejas, com a ajuda de um descaroçador, retirar os caroços das cerejas.


2. No copo da Bimby, inserir a borboleta.
Adicionar as cerejas descaroçadas e os restantes ingredientes.
Programar 15Min./90º/Vel.1
De seguida, 25Min./100º/Vel. Colher/Inversa


3. Depois do tempo findo, retirar do copo da Bimby e verter para frascos de vidro devidamente esterilizados.
Fechar de imediato e deixar arrefecer na totalidade.


Depois, é só servir numa bela fatia de Pão de Cevada
Delicioso!

 

 

 
 

Ervilhas Tortas com Ovo Escalfado...

A Ervilha...há quem goste, há quem deteste!
Ela é uma planta (legume) da qual existem mais de duzentas variedades (não fazia a mínima ideia!), e de suas vagens são extraídos diversos tipos de grãos.
Em algumas regiões é costume utilizar os grãos, assim como, as vagens como alimento, em pratos quentes ou frios como sopas, carnes, arroz de forno, empadas, entre outras. O importante é adiciona-la às refeições, pois além de oferecerem tantos benefícios, ainda dão um sabor e uma textura diferente ao prato escolhido.
Para além de todas as suas qualidades culinárias, as ervilhas fornecem energia e juventude graças à sua riqueza em fibra, hidratos e proteínas. O seu consumo contribui para uma dieta equilibrada.


Ingredientes:
Ervilhas Tortas
Azeite q.b.
Alhos
Pimenta preta
Água fervente
Água gelada
Sal
Sugestão de Acompanhamentos:
Beterraba cozida em Molho de Vinagrete e Segurelha, Aroma Alentejo
Croutons de Broa de Milho
Dourada Grelhada
Ovos Escalfados
Creme de Legumes com Ervilhas e Croutons
Sobremesa:
Tarte de Lamego
Preparação:
1. Retirar os fios superiores e inferiores.
Lavar em água corrente.




2. Num tacho, ferver a água com um pouco de Sal.
Adicionar as Ervilhas, apenas, quando a água já estiver a ferver e cozinhar por 4 Minutos.
Após este tempo e com a ajuda de uma escumadeira, banhar as Ervilhas em água fria para parar o cozimento. Este procedimento garante que as Ervilhas não fiquem moles e mantenham a cor verdinha.


3. Numa frigideira, deitar Azeite e 4 dentes de Alho. Deixar aquecer bem, até que os Alhos adquiram uma cor dourada.
Se desejarem, adicionem chouriço ou outro tipo de carne fumada.
Deitar as Ervilhas e deixar que estas estalem, cerca de 3 Minutos.
Temperar com Pimenta preta.
Ovos Escalfados:
4. Num pequeno tacho, ferver água e quando estiver a ferver bem deitar os ovos e deixar cozinhar cerca de 1Min.
Retirar e colocar em cima das Ervilhas.


Croutons de Broa de Milho:
1. Numa frigideira deitar Azeite, Alho e deixar que os Alhos fiquem dourados.
Deitar pedaços pequenos de Broa e deixar dourar de ambos os lados.



Depois de todo o Menu preparado, servir e degustar...


Perfeito! ;)

Ervilhas Tortas com Ovo Escalfado...

A Ervilha...há quem goste, há quem deteste!
Ela é uma planta (legume) da qual existem mais de duzentas variedades (não fazia a mínima ideia!), e de suas vagens são extraídos diversos tipos de grãos.
Em algumas regiões é costume utilizar os grãos, assim como, as vagens como alimento, em pratos quentes ou frios como sopas, carnes, arroz de forno, empadas, entre outras. O importante é adiciona-la às refeições, pois além de oferecerem tantos benefícios, ainda dão um sabor e uma textura diferente ao prato escolhido.
Para além de todas as suas qualidades culinárias, as ervilhas fornecem energia e juventude graças à sua riqueza em fibra, hidratos e proteínas. O seu consumo contribui para uma dieta equilibrada.


Ingredientes:
Ervilhas Tortas
Azeite q.b.
Alhos
Pimenta preta
Água fervente
Água gelada
Sal
Sugestão de Acompanhamentos:
Beterraba cozida em Molho de Vinagrete e Segurelha, Aroma Alentejo
Croutons de Broa de Milho
Dourada Grelhada
Ovos Escalfados
Creme de Legumes com Ervilhas e Croutons
Sobremesa:
Tarte de Lamego
Preparação:
1. Retirar os fios superiores e inferiores.
Lavar em água corrente.




2. Num tacho, ferver a água com um pouco de Sal.
Adicionar as Ervilhas, apenas, quando a água já estiver a ferver e cozinhar por 4 Minutos.
Após este tempo e com a ajuda de uma escumadeira, banhar as Ervilhas em água fria para parar o cozimento. Este procedimento garante que as Ervilhas não fiquem moles e mantenham a cor verdinha.


3. Numa frigideira, deitar Azeite e 4 dentes de Alho. Deixar aquecer bem, até que os Alhos adquiram uma cor dourada.
Se desejarem, adicionem chouriço ou outro tipo de carne fumada.
Deitar as Ervilhas e deixar que estas estalem, cerca de 3 Minutos.
Temperar com Pimenta preta.
Ovos Escalfados:
4. Num pequeno tacho, ferver água e quando estiver a ferver bem deitar os ovos e deixar cozinhar cerca de 1Min.
Retirar e colocar em cima das Ervilhas.


Croutons de Broa de Milho:
1. Numa frigideira deitar Azeite, Alho e deixar que os Alhos fiquem dourados.
Deitar pedaços pequenos de Broa e deixar dourar de ambos os lados.



Depois de todo o Menu preparado, servir e degustar...


Perfeito! ;)

Pudim de Pão...

O Pudim de Pão é uma sobremesa popular das cozinhas britânica, belga, francesa e portuguesa, claro está!
Com ingredientes básicos diversificados entre ovo, leite, açúcar e sobras de pão, ele faz as delícias dos verdadeiros apreciadores de Pudins.
Existem várias formas de o fazer: com pedaços de pão maiores ou mais pequenos e até mesmo com pão ralado. Cozidos ao vapor, em banho-maria ou no forno.
Claro que, todas as sugestões irão fazer as delícias dos gulosos, apesar de não o considerar muito doce (ainda bem!)
Portanto, quando tiverem sobras de pão, não usem apenas para Pão Ralado, podem também fazer esta sobremesa fácil, rápida e deliciosa. ;)


Ingredientes:
200g Pão seco
350g Açúcar
8 ovos
750ml de leite
2c. sopa de Amido de Milho
Caramelo Líquido
Forma para Pudim nº18
Preparação:
1. Deitar o leite no copo da TM5 e programar 8Min./95º/Vel.2
2. Partir o pão em pedaços pequenos.
Se preferirem podem pulverizar o pão, fazendo desta forma pão ralado.
Deitar os pedaços do pão no leite quente e deixar descansar durante 5Min.


3. Adicionar os ovos, o açúcar e o Amido de Milho.
Programar 30Seg./Vel.5


4. Untar a forma com o caramelo líquido.
Verter o preparado do pudim e tapar a forma com a tampa desta.
Reservar.


5. Com o copo lavado e seco, verter 1,200ml de água.
Fechar o copo e colocar a Varoma.
Colocar a forma na Varoma e tapar.
Programar 45Min./Varoma/Vel.2
6. No final do tempo retirar a forma da Varoma e deixar arrefecer a temperatura ambiente, sem destapar a forma do pudim.
Só depois de totalmente arrefecido colocar no frigorífico para refrescar.
Desenformar e servir.



Pudim de Pão...

O Pudim de Pão é uma sobremesa popular das cozinhas britânica, belga, francesa e portuguesa, claro está!
Com ingredientes básicos diversificados entre ovo, leite, açúcar e sobras de pão, ele faz as delícias dos verdadeiros apreciadores de Pudins.
Existem várias formas de o fazer: com pedaços de pão maiores ou mais pequenos e até mesmo com pão ralado. Cozidos ao vapor, em banho-maria ou no forno.
Claro que, todas as sugestões irão fazer as delícias dos gulosos, apesar de não o considerar muito doce (ainda bem!)
Portanto, quando tiverem sobras de pão, não usem apenas para Pão Ralado, podem também fazer esta sobremesa fácil, rápida e deliciosa. ;)


Ingredientes:
200g Pão seco
350g Açúcar
8 ovos
750ml de leite
2c. sopa de Amido de Milho
Caramelo Líquido
Forma para Pudim nº18
Preparação:
1. Deitar o leite no copo da TM5 e programar 8Min./95º/Vel.2
2. Partir o pão em pedaços pequenos.
Se preferirem podem pulverizar o pão, fazendo desta forma pão ralado.
Deitar os pedaços do pão no leite quente e deixar descansar durante 5Min.


3. Adicionar os ovos, o açúcar e o Amido de Milho.
Programar 30Seg./Vel.5


4. Untar a forma com o caramelo líquido.
Verter o preparado do pudim e tapar a forma com a tampa desta.
Reservar.


5. Com o copo lavado e seco, verter 1,200ml de água.
Fechar o copo e colocar a Varoma.
Colocar a forma na Varoma e tapar.
Programar 45Min./Varoma/Vel.2
6. No final do tempo retirar a forma da Varoma e deixar arrefecer a temperatura ambiente, sem destapar a forma do pudim.
Só depois de totalmente arrefecido colocar no frigorífico para refrescar.
Desenformar e servir.



Bolo Fofo de Laranja...

Há bolos que são simplesmente perfeitos na sua simplicidade.
Existem receitas que não precisam de ter muitos ingredientes para que possam ser deliciosas.
Haverá sempre uma memória, uma recordação de um lanche partilhado em família e um bolo que se lhe associa.
Este é um desses bolos, que fica na memória, que esteve um dia ao centro de uma mesa repleta de alegria e partilha...
Este é um simples bolo de laranja cujo aroma ao sair do forno perfuma toda a minha casa e me transporta para tempos passados...


Ingredientes:
6 Ovos caseiros
3 Laranjas
150g de farinha T55
75g Fécula de batata
1c. de chá de fermento para bolos
75g de Açúcar de Cana Integral Não Refinado CEM POR CENTO
(podem substituir por Açúcar refinado na mesma quantidade)
Preparação:
1. Retirar a casca a 1 Laranja, o mais fino possível.
Deitar no copo.
Retirar a parte branca das 3 Laranjas, cortar em quartos e deitar no copo.
2. Adicionar o açúcar e programar 1Min. /Vel.9
3. Adicionar os ovos, colocar a borboleta e programar 7Min./37º/Vel.3


4. Adicionar as farinhas e o fermento.
Programar 20Seg./Vel. 3
5. Pré-aquecer o forno a 180º
6. Unta uma forma com manteiga e polvilhar com farinha.
Verter o preparado do bolo e levar ao forno cerca de 50Min.


7. Retirar do forno e deixar a temperatura estabilizar cerca de 10Min.
Desenformar.
Acompanhar com um chá quente na companhia da vossa família.





Bolo Fofo de Laranja...

Há bolos que são simplesmente perfeitos na sua simplicidade.
Existem receitas que não precisam de ter muitos ingredientes para que possam ser deliciosas.
Haverá sempre uma memória, uma recordação de um lanche partilhado em família e um bolo que se lhe associa.
Este é um desses bolos, que fica na memória, que esteve um dia ao centro de uma mesa repleta de alegria e partilha...
Este é um simples bolo de laranja cujo aroma ao sair do forno perfuma toda a minha casa e me transporta para tempos passados...


Ingredientes:
6 Ovos caseiros
3 Laranjas
150g de farinha T55
75g Fécula de batata
1c. de chá de fermento para bolos
75g de Açúcar de Cana Integral Não Refinado CEM POR CENTO
(podem substituir por Açúcar refinado na mesma quantidade)
Preparação:
1. Retirar a casca a 1 Laranja, o mais fino possível.
Deitar no copo.
Retirar a parte branca das 3 Laranjas, cortar em quartos e deitar no copo.
2. Adicionar o açúcar e programar 1Min. /Vel.9
3. Adicionar os ovos, colocar a borboleta e programar 7Min./37º/Vel.3


4. Adicionar as farinhas e o fermento.
Programar 20Seg./Vel. 3
5. Pré-aquecer o forno a 180º
6. Unta uma forma com manteiga e polvilhar com farinha.
Verter o preparado do bolo e levar ao forno cerca de 50Min.


7. Retirar do forno e deixar a temperatura estabilizar cerca de 10Min.
Desenformar.
Acompanhar com um chá quente na companhia da vossa família.





Pág. 2/2