Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Simply by Cristina

Homemade Food & Photography

Carcaças de mistura de Centeio...

Este pequeno texto que vos escrevo cheira a pão acabado de fazer...é inevitável!
Nos dias que correm, existe uma nova onda com tendência crescente que é o fabrico de pão caseiro quase porta sim, porta sim nas casas dos portugueses.
A necessidade do isolamento social, leva a que as famílias passem mais tempo em casa, ligadas entre si através das redes sociais e é aí que desfilam os mais belos pães do país.
É maravilhoso ver que finalmente o Pão, um básico da nossa alimentação, se tenha tornado um elo de ligação entre nós todos!
Longe vão os tempos em que alguns consideravam que uma carcaça, era só uma carcaça.

É ao pequeno-almoço, ao almoço, ao lanche, ao jantar e até à ceia!
Os portugueses têm um fraquinho por pão e muitos deles não passam uma refeição sem saborear uma boa fatia, seja torrada com manteiga logo pela manhã, para acompanhar uma refeição ou até como sobremesa na versão por exemplo de um Pudim de Pão!

Em Portugal, a tradição de comer pão perde-se no tempo e é um dos alimentos que está na base da alimentação portuguesa. Feito à base de três cereais: milho, centeio e trigo, é diferente de região para região tanto na forma, como na cor, no gosto ou na textura do miolo, podendo ser usado em pratos tradicionais ou até em doces.

A minha escolha de hoje recai no Centeio, de cor mais escura, este é um pão mais rico em fibras.

2020-03-26 10.08.39.jpg

Ingredientes:

550ml Água
30ml de Azeite
400g de farinha de Centeio T130, Moagem Carlos Valente
200g de farinha de Trigo Integral T150, Moagem Carlos Valente
120g de farinha de Trigo T80, Moagem Carlos Valente
7g fermento seco em pó, Activa Vita D
10g de açúcar ou mel
Sal, q.b.

Preparação:
 
1. Deitar no copo da Bimby a água, o azeite, o açúcar e as farinhas.
Misturar 20Seg./Vel.6.
Deixar hidratar cerca de 40Min, com o copo fechado.
2. Adicionar o fermento e o sal.
Amassar 6Min./Vel.Espiga.
3. Retirar do copo e colocar o preparado num recipiente e deixar levedar até que dobre de volume.
4. Após esse período de levedação, polvilhar a bancada com farinha, dar a forma desejada sem amassar, só mesmo dar um jeitinho para moldar, isto para que não se percam os alvéolos.
5. Dividi em 15 porções e distribuí por 2 tabuleiros.
6. Colocá-las, num tabuleiro polvilhado com farinha ou se preferirem sob uma folha de papel vegetal.
Deixar levedar novamente cerca de 40Min.
Utilizei para esta receita um tabuleiro perfurado da Metalúrgica Bakeware Production, S.A,  o qual recomendo.
7. Pré - aquecer o forno a 250º.
Colocar na base do forno, um recipiente de barro com água fervida.
8. Quando colocarem o pão no forno, baixar a temperatura para os 200º e deixar assar durante 25Min. ou até a vossa forma preferida de consumo. Isto é, todos nós temos gostos diferentes: uns preferem mais tostados, outros mais mal cozidos.
Deverão adaptar às vossas opções pessoais.
9. Retirar do forno e deixar que a tempertaura do pão estabilize.
Só depois, cortar. Se quiserem consumir ainda quente deverão partir o pão com as mãos, se já estiver praticamente frio, aí poderão usar a faca.
 

2020-03-26 10.09.30.jpg

2020-03-26 10.10.05.jpg

2020-03-26 10.10.48.jpg